Ibope surpreende

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A convite do deputado federal Fábio Reis (PMDB), o ministro Leonardo Picciani (Esporte) virá a Sergipe nesse sábado. Visitará em Aracaju a Arena Batistão e o Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, que o parlamentar pleiteia reforma e modernização. Já em L
A convite do deputado federal Fábio Reis (PMDB), o ministro Leonardo Picciani (Esporte) virá a Sergipe nesse sábado. Visitará em Aracaju a Arena Batistão e o Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, que o parlamentar pleiteia reforma e modernização. Já em L

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/08/2016 às 00:24:00

A convite do deputado federal Fábio Reis (PMDB), o ministro Leonardo Picciani (Esporte) virá a Sergipe nesse sábado. Visitará em Aracaju a Arena Batistão e o Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, que o parlamentar pleiteia reforma e modernização. Já em Lagarto, o ministro visitará a obra do Centro de Iniciação ao Esporte, garantido ao município pelo deputado Fábio. Assim como o estádio Paulo Barreto e o Parque de Vaquejada.
Para Fábio Reis, "esta será uma grande oportunidade de mostrar ao ministro o andamento das obras em Sergipe e a necessidade de mais investimentos na área esportiva do estado".

Ibope surpreende

A primeira pesquisa do Ibope para prefeito de Aracaju, divulgada ontem pela TV Sergipe, mostra Edvaldo Nogueira (PCdoB) - candidato da coligação "Para Aracaju ter qualidade de vida" - na liderança com 28% das intenções de votos.
João Alves (DEM), candidato da coligação "Aracaju em boas mãos", aparece em segundo lugar com 18% das intenções de voto; e Valadares Filho (PSB), candidato da coligação "Aracaju vai renovar", em terceiro lugar praticamente empatado tecnicamente com o prefeito.
Vera Lúcia (PSTU) está em quarto lugar com 7% das intenções de votos, Sônia Meire (PSOL), candidata da coligação "Lutar para transformar Aracaju" aparece na quinta posição com 4%; Dr. Emerson (Rede), em sexto lugar com 3%; e na lanterna o candidato João Tarantella (PTN), com apenas 1% das intenções de votos.
A pesquisa surpreendeu pelo fato do prefeito João Alves aparecer em segundo lugar. A expectativa era que ficasse em terceiro, como mostram pesquisas de consumo interno, em razão da má gestão que vem fazendo, das promessas não cumpridas de campanha, do alto índice de rejeição, da indefinição em ser candidato e ainda não ter colocado o bloco na rua.

O próprio Ibope confirma que João Alves tem a maior rejeição entre os sete candidatos a prefeito: 55%. Valadares Filho (28%), Edvaldo Nogueira (27%), Vera Lúcia (20%), Tarantella (17%), Vera Lúcia (14%) e Sônia Meire (14%). E que 53% avaliaram sua administração como ruim/péssima.
Trocando em miúdos, essa primeira pesquisa do Ibope mostra Edvaldo Nogueira se consolidando na liderança com uma boa margem para os dois principais adversários; que João Alves pode surpreender; e que Valadares Filho vai ter que correr atrás do prejuízo, uma vez que em outras pesquisas ele sempre esteve à frente do prefeito.
Revela essa primeira pesquisa do Ibope que João Alves e Valadares Filho vão brigar pela ida para o segundo turno.
Agora é esperar o aquecimento da campanha eleitoral, com o início do programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão nessa sexta-feira, 26, para ver como ficará o processo sucessório.
Ainda tem muita água para rolar por debaixo da ponte até dia 02 de outubro...      

Ibope 1
A pesquisa do Ibope entrevistou 602 eleitores de Aracaju entre os dias 19 e 23 de agosto. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. Ela mostrou que 19% dos eleitores entrevistados votam brancos ou nulos e que 7% não sabem em quem votar. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Ibope 2
O instituto também quis saber sobre como os aracajuanos avaliam a administração do prefeito João Alves (DEM). Como Ótima/boa (13%), como Regular (33%), como Ruim/péssima (53%) e Não sabem avaliar (1%).

Efeito pesquisa 1
Do candidato Valadares Filho (PSB), nas redes sociais, ao postar uma foto recebendo o carinho do povo na ida ontem à noite ao Jardim Centenário, logo após resultado da pesquisa do Ibope: "Essa alegria é o verdadeiro termômetro das ruas. É o recado do povo de Aracaju: queremos um novo prefeito".
Efeito pesquisa 2
Já o candidato Edvaldo Nogueira (PCdoB), depois do resultado da pesquisa, postou nas redes sociais uma foto com a sua vice Eliane Aquino (PT), e fazendo o seguinte comentário: "Aracaju já sabe o que quer". Postou ainda: "Rumo à vitória".

Insatisfação
Os candidatos a vereador da coligação do prefeito João Alves (DEM) estão desmotivados e apreensivos com o fato dele ainda não ter entrado na campanha eleitoral, que é de apenas 45 dias, e já se está a 38 dias das eleições. Cobram, inclusive, apoio financeiro para a campanha.

Preocupação 1
O nervosismo é tanto que já tem candidatos a vereador dizendo que pode desistir da candidatura. Um que vem ameaçando fazer isso dentro do seu partido é o vereador Adriano Taxista (PSDB), preocupado com o coeficiente eleitoral desta campanha e a falta de recursos.

Preocupação 2
O seu temor cresceu desde o dia da convenção partidária, quando o PSDB ficou na coligação de João Alves e não do candidato Valadares Filho (PSB), e o vereador Jailton Santana (PSDB) ficou de fora da reeleição para ser o vice de JAF. Além do suplente de vereador com 3.700 votos, Júnior Pinheiro (PSDB), ter desistido da candidatura. Avalia que são seis mil votos a menos de legenda com os dois fora do páreo.

Se explicando
Junior Pinheiro garante que decidiu não disputar a eleição por entender que "não podia ser candidato na chapa da morte". Avalia que o partido não se estruturou para a eleição e que após ouvir amigos e familiares desistiu da disputa e vai apoiar Armando Batalha Júnior (PPS), por ser amigo do seu pai, o ex-prefeito Armando Batalha (PRP), desde a adolescência.  

Cobrança
Como a coluna já informou, o prefeito ainda não colocou o bloco na rua. Os primeiros cinco dias de campanha ele passou em Brasília tentando viabilizar recursos para a campanha e depois fez apenas reunião com os candidatos a vereador dos partidos da coligação. Foi muito cobrado.

Tratamento igual
Candidatos a vereador pelo PHS estão insatisfeitos com o tratamento diferenciado que vem recebendo o vereador Agamenon Sobral. Um deles chegou a declarar que se isso continuar acontecendo eles não vão "abraçar" a campanha a reeleição de João Alves.     

Querem mais
Eles não gostaram de saber, pelo próprio Agamenon, que só terão direito na campanha a uma ajuda de 50 mil santinhos e um tanque de combustível, a escolher quando vai querer receber: começo, meio ou fim da campanha. Acham que Agamenon terá bem mais que isso.

Curiosidade
Nas eleições municipais para vereador de Aracaju três categorias se destacam com um número representativo de candidatos a vereador: médico, professor e policial.

Policiais
A polícia militar tem 13 candidatos a vereador: os coronéis Barros (PSC), Júlio César (PSDC) e Onotonio (DEM). E os sargentos Acacio (PMN), Cosme "Coe Pagode" (PTdoB), Edgard (PPL), Gildo (PTN), Jesus (PMN), Prado (PPS), Ramilo (PV), Uchôa dos Bombeiros (PSC), Valfran (PPS), Vieira (PDT). O policial civil Antonio Moraes (Rede) também é candidato a vereador.

Professores
O magistério tem pelo menos 20 candidatos a vereador. São candidatos os professores Alex (PPS), Alex Nascimento (Rede), Avilete (PSC), Cadu Silva (PSDB), Gigi (PCdoB), Bittencourt (PCdoB), Cleber (PSB), Cristiano Bispo (PSDC), Djenal Alves (Rede), Gusmão (PRP), Iran Barbosa (PT), Magnovaldo (PSDC), Otavio Sales (PMDB), Pompeu (DEM), Fátima Andrade (PSC), Rita (DEM), Rosangela (PT), Sônia Magaly (Rede) e Waldemir Ferraz (PSDB). Iran Barbosa vai para a reeleição.

Médicos
Já a área médica tem nove candidatos a vereador: Elson (PPS), Ernani Moura (Rede), Fábio Teles Veterinário (DEM), Gonzaga (PMDB), Liana Nascimento (Rede), Manuel Marcos (PSDB), Marcos Kroger (PMDB), Roberto Guimarães (PSDB) e Thiago (PPS). Vão para a reeleição os médicos Manuel Marcos e Gonzaga.

Dor de cabeça
O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) desaprovou ontem, por unanimidade de votos, as contas da campanha 2014 de Manoel Sukita (PTN), à época candidato a deputado estadual. Todos acompanharam o voto do relator, o juiz Francisco Alvez Júnior, que elencou os fundamentos que nortearam o pedido de impugnação apresentado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), dentre os quais ausência de descrição das doações estimáveis em dinheiro e de prestação de contas relacionadas à produção de material impresso de propaganda eleitoral. Sukita é candidato a prefeito em Japaratuba.

Agenda Valadares Filho
O candidato a prefeito Valadares Filho (PSB) tem panfletagem a partir das 6h30, na Av. Rio de Janeiro com Desembargador Maynard. Às 16h fará nova panfletagem, só que na Av. Heráclito Rollemberg, em frente ao supermercado Todo Dia, na entrada do Orlando Dantas. Já às 18h30, fará caminhada no Bairro São Conrado.

Veja essa...
Um candidato a vereador de um dos partidos da coligação do prefeito João Alves cobrou apoio para a campanha ao próprio prefeito, durante reunião dele com os candidatos, e chegou a dizer que se não tivessem apoio não votariam com ele. E ouviu como resposta: "Fiquem à vontade. Votem em quem quiser".

Curtas
Ao desistir da reeleição para ser o vice de João Alves, o vereador Jailton Santana (PSDB) passou as suas lideranças e cabos eleitorais para o ex-vereador Juvêncio Oliveira (DEM).

Camilo Daniel, filho do deputado federal João Daniel (PT), é candidato a vereador de Aracaju pelo Partido dos Trabalhadores.

Como a coluna já informou, o deputado federal Adelson Barreto (PR) lançou o irmão Ademário Barreto (PTC) candidato a vereador de Aracaju.

O vereador Adelson Barreto Filho (PR) não disputará a reeleição, pela grande chance de vir a ser deputado estadual a partir de 2017 na condição de primeiro suplente da sua coligação, que tem dois deputados disputando mandato de prefeito - Gilson Andrade (PTC/Estância) e Valmir Monteiro (PSC/Lagarto) - e um de vice de Valadares Filho (PSB/Aracaju) - o pastor Antônio dos Santos (PSC).

Além de Adelson Barreto Filho, não disputam a reeleição os vereadores: Agnaldo Feitosa (PR); Jailton Santana (PSDB), que é o vice de João Alves; e Dr. Emerson (Rede), que é candidato a prefeito.