Obras do Minha Casa Minha Vida atrasadas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/08/2012 às 16:59:00

A contratação de moradias destinadas às famílias de baixa renda na segunda fase do programa habitacional do governo federal, Minha Casa, Minha Vida, estaria atrasada. O alerta é do Sinduscon. De acordo com o Sindicato, decorridos 19 meses da implementação do PMCMV 2, apenas 267,5 mil moradias haviam sido contratadas em todo o país para a chamada faixa 1 (famílias com renda mensal de até R$1.600,00) até o dia 31 de julho. A previsão era de 1,2 milhão de unidades até 2014.

Para os empresários da construção civil, o governo precisa agir com urgência para modificar a situação, revendo,  especialmente, os valores pagos às construtoras para a realização deste tipo de moradia.  Levantamento mostra que as empresas especializadas no segmento de baixa renda estão gradativamente deixando de se interessar pelo programa, principalmente nas localidades em que ele é mais necessário por conta do elevado déficit habitacional.