Começa neste domingo a decisão do Futsal.

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/10/2016 às 00:20:00

 

As equipes do Real Moitense e Capela iniciam neste domingo, a decisão do Campeonato Sergipano de Futsal Adulto, uma das competições mais importantes do calendário da Federação Sergipana de Futsal (FSFS). A partida será realizada as 10h00, na cidade de Capela. Mesmo jogando fora de casa a equipe do Real Moitense pela maios experiência, conhecimento e estrela do seu treinador Galego é a grande favorita, mas Capela promete surpreender.  A partida de volta acontece no dia 15 de outubro às 20h30, na cidade de Moita Bonita. 
A equipe de Moita Bonita pode ser considerada favorita por ter a melhor campanha e poder jogar por uma igualdade no marcador na soma dos dois jogos. Porém, os capelenses contam com a presença do pivô Foca, artilheiro do Sergipano, com 17 gols marcados em 10 jogos. Sem dúvidas, será um grande jogo.
O treinador Glauber, do Capela reconhece o valor e as qualidades do adversário, mas admite que o Capela chegou à final por méritos.Glauber quer repetir a conquista de 2014. Naquele ano, em sua primeira experiência como treinador, Guebinha, como é conhecido, derrubou uma sequência incrível de títulos, justamente de Galego na Copa TV Sergipe com a seleção de Itaporanga.
- Estamos trabalhando para sairmos vitoriosos.Para mim é gratificante disputar a final contra um grande treinador, um grande time. Todos vão lembrar de 2014, que foi algo incrível, mas quero continuar com minha história. A equipe está se esforçando para levar mais um título e temos que passar pela equipe de Galego, afirmou Glauber.
Para tirar mais um título de Galego, desta vez no Campeonato Sergipano, Glauber tem uma equipe de qualidade e experiente, além de ter boas peças de reposição. Entre nomes campeões em outras equipes está Foca, fixo com bastante rodagem no futsal sergipano. Adolfo é outro experiente que costuma entrar durante as partidas. No gol conta com a qualidade de Erick. 
Experiência - O Real Moitense está invicto no Estadual. Em dez jogos, venceu nove e empatou apenas um. Foi contra o Novo Horizonte, 0 a 0. A equipe do agreste luta pelo tetracampeonato, já que foi campeã das três últimas edições do Estadual. São nove títulos ao longo da história, sete deles conquistados com Galego no comando.
- Foi uma campanha muito consistente a nossa. Ficamos felizes porque o nível técnico do Campeonato Sergipano de Futsal está muito forte. Capela é uma boa equipe é uma das surpresas da competição, mas estamos muito bem. Agora é partir para a disputa de mais um título.
Uma das grandes armas do Real Moitense na luta pelo título é, sem dúvidas, o elenco montado pelo Galego. São jogadores experientes, com nome já consagrado no futsal sergipano e até nacionalmente. Os dois quartetos base são de luxo, seriam titulares em qualquer equipe. No elenco estão os dois melhores goleiros do Estado: Marcondes e Rogério, este último, com passagens vitoriosas pela Seleção Brasileira. Ainda estão no grupo nomes como Bebeto, Pita, Deivinho, Ureia, Tibúrcio, Assis e Maycon. Há peças também como Tony e Alex Maradona. Além dos quartetos fixos, o treinador trabalha com diversas variações. Opções é que não faltam.

As equipes do Real Moitense e Capela iniciam neste domingo, a decisão do Campeonato Sergipano de Futsal Adulto, uma das competições mais importantes do calendário da Federação Sergipana de Futsal (FSFS). A partida será realizada as 10h00, na cidade de Capela. Mesmo jogando fora de casa a equipe do Real Moitense pela maios experiência, conhecimento e estrela do seu treinador Galego é a grande favorita, mas Capela promete surpreender.  A partida de volta acontece no dia 15 de outubro às 20h30, na cidade de Moita Bonita. 

A equipe de Moita Bonita pode ser considerada favorita por ter a melhor campanha e poder jogar por uma igualdade no marcador na soma dos dois jogos. Porém, os capelenses contam com a presença do pivô Foca, artilheiro do Sergipano, com 17 gols marcados em 10 jogos. Sem dúvidas, será um grande jogo.

O treinador Glauber, do Capela reconhece o valor e as qualidades do adversário, mas admite que o Capela chegou à final por méritos.Glauber quer repetir a conquista de 2014. Naquele ano, em sua primeira experiência como treinador, Guebinha, como é conhecido, derrubou uma sequência incrível de títulos, justamente de Galego na Copa TV Sergipe com a seleção de Itaporanga.

- Estamos trabalhando para sairmos vitoriosos.Para mim é gratificante disputar a final contra um grande treinador, um grande time. Todos vão lembrar de 2014, que foi algo incrível, mas quero continuar com minha história. A equipe está se esforçando para levar mais um título e temos que passar pela equipe de Galego, afirmou Glauber.

Para tirar mais um título de Galego, desta vez no Campeonato Sergipano, Glauber tem uma equipe de qualidade e experiente, além de ter boas peças de reposição. Entre nomes campeões em outras equipes está Foca, fixo com bastante rodagem no futsal sergipano. Adolfo é outro experiente que costuma entrar durante as partidas. No gol conta com a qualidade de Erick. 

Experiência - O Real Moitense está invicto no Estadual. Em dez jogos, venceu nove e empatou apenas um. Foi contra o Novo Horizonte, 0 a 0. A equipe do agreste luta pelo tetracampeonato, já que foi campeã das três últimas edições do Estadual. São nove títulos ao longo da história, sete deles conquistados com Galego no comando.

- Foi uma campanha muito consistente a nossa. Ficamos felizes porque o nível técnico do Campeonato Sergipano de Futsal está muito forte. Capela é uma boa equipe é uma das surpresas da competição, mas estamos muito bem. Agora é partir para a disputa de mais um título.

Uma das grandes armas do Real Moitense na luta pelo título é, sem dúvidas, o elenco montado pelo Galego. São jogadores experientes, com nome já consagrado no futsal sergipano e até nacionalmente. Os dois quartetos base são de luxo, seriam titulares em qualquer equipe. No elenco estão os dois melhores goleiros do Estado: Marcondes e Rogério, este último, com passagens vitoriosas pela Seleção Brasileira. Ainda estão no grupo nomes como Bebeto, Pita, Deivinho, Ureia, Tibúrcio, Assis e Maycon. Há peças também como Tony e Alex Maradona. Além dos quartetos fixos, o treinador trabalha com diversas variações. Opções é que não faltam.