Urnas eletrônicas começam a ser preparadas para o segundo turno.

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/10/2016 às 09:01:00

 

O Tribunal Regional Elei
toral de Sergipe ini
ciou ontem a preparação das urnas eletrônicas para o segundo turno das Eleições 2016, que ocorrerá no último domingo de outubro (30).
O primeiro processo para essa preparação é a geração das mídias, como explica o secretário da STI - Secretaria de Tecnologia da Informação - José Carvalho Peixoto. "O processo consiste basicamente em selecionar as informações dos candidatos do segundo turno no sistema interno, inserindo tais dados na urna através de uma mídia. Após isso é feito um auto-teste e as urnas são lacradas para o dia do Pleito", esclareceu.
Em outra frente de trabalho, que é realizada concomitantemente, estão sendo realizados os testes nas urnas eletrônicas de contingência, de modo a possibilitar a realização de eventuais ajustes, bem como a montagem das 99 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas mesas receptoras de justificativa em todo o estado.
Após a realização da geração de mídias o próximo passo é a carga das urnas que será realizada nos dias 20 e 21 de outubro, ao todo 1.118 urnas serão utilizadas em Aracaju.
A chefe da seção de urnas, Mônica Avila, destacou que esse processo é mais rápido que o realizado no primeiro turno. "No primeiro turno esse processo durava em torno de dezoito minutos, dessa vez levamos uma média de dez minutos para a realização das cargas de urnas, porém o trabalho ainda é minucioso e é necessário atenção", afirmou.

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe iniciou ontem a preparação das urnas eletrônicas para o segundo turno das Eleições 2016, que ocorrerá no último domingo de outubro (30).

O primeiro processo para essa preparação é a geração das mídias, como explica o secretário da STI - Secretaria de Tecnologia da Informação - José Carvalho Peixoto. "O processo consiste basicamente em selecionar as informações dos candidatos do segundo turno no sistema interno, inserindo tais dados na urna através de uma mídia. Após isso é feito um auto-teste e as urnas são lacradas para o dia do Pleito", esclareceu.

Em outra frente de trabalho, que é realizada concomitantemente, estão sendo realizados os testes nas urnas eletrônicas de contingência, de modo a possibilitar a realização de eventuais ajustes, bem como a montagem das 99 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas mesas receptoras de justificativa em todo o estado.

Após a realização da geração de mídias o próximo passo é a carga das urnas que será realizada nos dias 20 e 21 de outubro, ao todo 1.118 urnas serão utilizadas em Aracaju.

A chefe da seção de urnas, Mônica Avila, destacou que esse processo é mais rápido que o realizado no primeiro turno. "No primeiro turno esse processo durava em torno de dezoito minutos, dessa vez levamos uma média de dez minutos para a realização das cargas de urnas, porém o trabalho ainda é minucioso e é necessário atenção", afirmou.