Bandidos roubam armas de guardas que protegiam 'Ceu' no 17 de Março

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/10/2016 às 09:50:00

Bandidos roubam armas de guardas no 17 de Março

 

Até a Guarda Municipal de Aracaju (GMA) entrou na mira dos bandidos. Dois guardas que davam plantão no recém-inaugurado Centro de Artes e Esportes Unificados (Ceu), no bairro 17 de Março (zona sul), foram assaltados por quatro criminosos armados que chegaram de carro ao local. O crime aconteceu no final da noite deste domingo. Segundo informações confirmadas pela própria direção do órgão, dois revólveres calibre 38 foram roubados, além de um aparelho de radiocomunicação e da chave da viatura em que a dupla estava.

De acordo com o diretor-adjunto da GMA, capitão Jônatas Souza, os guardas faziam uma patrulha de rotina no entorno do Centro, quando foram surpreendidos pelos quatro assaltantes, entre os quais estava uma mulher. “Eles acabaram cercando a guarnição, que estava em situação de prontidão, mas mesmo assim foi surpreendida”, disse ele. Ao serem rendidos, os guardas foram obrigados a deitar no chão e entregar as armas. Em seguida, o grupo fugiu. O assalto foi logo avisado pelas vítimas à própria GMA, que iniciou as buscas no bairro após pedir o apoio das polícias Civil e Militar.

Já o coronel Enilson Aragão, diretor-geral da Guarda, informou que os dois servidores passam bem e negou que eles tenham sido agredidos, como chegou a ser dito inicialmente. “Os guardas ficaram ilesos, não houve qualquer dano ao patrimônio, exceto as duas armas que foram subtraídas, o radiocomunicador e a chave do veículo, subtraída por eles para paralisar qualquer reação dos guardas”, disse o diretor, apontando que o principal objetivo dos bandidos era tomar os revólveres dos servidores para praticar outros crimes no bairro 17 de Março. Até a noite de ontem, nenhum suspeito do assalto foi identificado pela polícia. O caso foi registrado na 9ª Delegacia Metropolitana (Santa Maria), que já começou a investigá-lo.

-