Alunos da rede pública farão 'Revisão Final' para o Enem no Constâncio Vieira.

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/10/2016 às 09:53:00

Aproximadamente 15 mil alunos da rede pública estadual farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos próximos dias 5 e 6 de novembro. E visando aumentar o ingresso destes estudantes no ensino superior, o governo estadual, por meio do programa Pré-universitário da Secretaria de Estado da Educação (Preuni/Seed), oferta em todas as regiões do Estado o maior curso preparatório de Sergipe para provas de seleção de universidades e faculdades.

A informação é do secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, ao dar conta de que, como forma de reforçar ainda mais a preparação dos alunos da rede estadual de ensino para as provas do Enem, a coordenação do Preuni/Seed organizou mais uma vez a grande Revisão Final, uma maratona intensiva de aulas para revisões dos conteúdosexigidos no exame.

De acordo com o diretor do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seed), Fábio Leite, as aulas da Revisão Final serão realizadas no ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju, nos dias 1 e 2 de novembro, terça e quarta-feira da próxima semana, das 13h30 às 20h.

“Os estudantes que participarem desta Revisão Final do Preuni/Seed terão acesso a materiais didáticos exclusivos, preparados por nossa equipe de professores, e poderão contar com muitas dicas e resolução de questões e problemas”, explica Fábio Leite, ao salientar são esperados mais de 5.000 estudantes por dia.

O diretor do Dase acrescenta ainda que nos dois dias de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio, a Seed montará mais uma vez sua estrutura de acolhimento aos estudantes da rede pública nos locais de provas em todas as regiões do Estado, quando equipes de professores estarão disponibilizando itens como água, caneta e motivação.

“Como resultado dessas e de outras ações desenvolvidas ao longo do ano por vários departamentos e por todas as diretorias regionais de educação (DREs), a Secretaria de Estado da Educação espera aumentar o número de estudantes da rede pública aprovados em instituições de ensino superior em relação ao ano passado”