TRE pode divulgar resultado da eleição de hoje antes das 19h

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/10/2016 às 00:19:00


Logo mais a partir das
8h, 397.228 eleitores
aracajuanos voltam a
ficar diante das urnas
para escolher o novo prefeito
que vai administrar
a cidade até 31 de dezembro
de 2020. De um lado,
sob o comando de Edvaldo
Nogueira (PCdoB) e Eliane
Aquino (PT), a coligação
'Pra Aracaju Ter Qualidade
de Vida' tenta obter
êxito e reconduzir o comunista
à chefia do poder
executivo municipal; do
outro, Valadares Filho
(PSB) e Pastor Antônio
dos Santos (PSC) tentam
confirmar nas urnas o que
todas as pesquisas de intenção
de voto publicadas
neste segundo turno
apontaram - vitória do
candidato socialista.
Conforme previsões do
Tribunal Regional Eleitoral
(TRE/SE), a perspectiva é
que em até uma hora e
meia após o encerramento
da votação - que ocorre
pontualmente às 17h,
100% das urnas já tenham
sido apuradas e apresentadas
à população. A fim
de garantir tranquilidade
e segurança do pleito, as
urnas foram lacradas no
início da semana e conduzidas
aos locais de votação
na tarde da última
sexta-feira, 28. Já os agentes
da Polícia Militar iniciaram
as atividades na manhã
de ontem e assim seguem
até o final deste domingo.
Profissionais da
Polícia Federal, Civil e Rodoviária
Federal também
atuam neste derradeiro
dia das Eleições 2016.
Diante do conflito e da
rivalidade aflorada nos últimos
28 dias entre militantes
dos dois candidatos,
guarnições dos mais
variados comandos militares
estarão circulando nas
intermediações das maiores
e mais movimentadas
zonas eleitorais com o
propósito de evitar atos
de violência como foram
registrados no último domingo.
Em obediência aos
pedidos da Justiça Eleitoral,
durante as rondas os

Logo mais a partir das 8h, 397.228 eleitores aracajuanos voltam a ficar diante das urnas para escolher o novo prefeito que vai administrara cidade até 31 de dezembrode 2020. De um lado,sob o comando de EdvaldoNogueira (PCdoB) e ElianeAquino (PT), a coligação'Pra Aracaju Ter Qualidadede Vida' tenta obter êxito e reconduzir o comunista à chefia do poderexecutivo municipal; do outro, Valadares Filho(PSB) e Pastor Antôniodos Santos (PSC) tentam confirmar nas urnas o que todas as pesquisas de intenção de voto publicadas neste segundo turno apontaram - vitória do candidato socialista.Conforme previsões doTribunal Regional Eleitoral(TRE/SE), a perspectiva é que em até uma hora emeia após o encerramentoda votação - que ocorrepontualmente às 17h,100% das urnas já tenhamsido apuradas e apresentadasà população. A fim de garantir tranquilidadee segurança do pleito, asurnas foram lacradas noinício da semana e conduzidasaos locais de votaçãona tarde da últimasexta-feira, 28. Já os agentesda Polícia Militar iniciaramas atividades na manhãde ontem e assim seguematé o final deste domingo.Profissionais daPolícia Federal, Civil e RodoviáriaFederal tambématuam neste derradeirodia das Eleições 2016.Diante do conflito e darivalidade aflorada nos últimos28 dias entre militantesdos dois candidatos,guarnições dos maisvariados comandos militaresestarão circulando nasintermediações das maiorese mais movimentadaszonas eleitorais com opropósito de evitar atosde violência como foramregistrados no último domingo.Em obediência aospedidos da Justiça Eleitoral,durante as rondas os agentes também estarão fiscalizando eleitores que supostamente estejam praticando a compra de votos. A popular boca de urna - Lei nº 9.504/1997 estabelece no artigo 39, parágrafo 5º a detenção deseis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa no valor de cinco mil a 15 mil reais. Na operacionalidade, a Polícia Militar de Sergipe informou que está empregando cerca de 1.500 policiais militares que atuam integralmente em todos os bairros da capital, além de divisa com os demais municípios que formam a região metropolitana. O policiamento também será reforçado em bairros e conjuntos do município de Nossa Senhora do Socorro que abriga representativo número de eleitores de Aracaju, mas residentes na cidade vizinha. A PM/SE pede que, em caso de suspeita de crime eleitoral o cidadão entrem em contato com o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e oficialize a denúncia. Votação - Se o eleitor deixou de votar, ou justificar a ausência no primeiro turno, ele pode participar do processo eleitoral de hoje, mas mesmo assim necessita justificar o não comparecimento no último dia 02. Em Aracaju o Tribunal Regional Eleitoral dispõe vasta quantidade de zonas e sessões dispostas a atender este público; um desses locais de justificativa é o aeroporto de Aracaju, que está disposto a atender sergipano se turistas que transitam pela região e estão fora do domicílio eleitoral. No interior este procedimento poderá ser feito nos cartórios eleitorais. Com base no cenário vivenciado no primeiro turno, a Socicam - grupo responsável por administrar os dois terminais rodoviários instalados em Aracaju, optou por não ampliar a frota de ônibus para atender passageiros que dirija-se à capital para participar da votação. De acordo com o grupo, o índice de evolução na procura por passagens tem sido abaixo do esperado; sendo assim as empresas de ônibus chegaram à conclusão de que não necessitam incluir ônibus extras neste final de semana, em especial no dia de hoje. A escala segue sem nenhuma alteração

em todos os 75 destinos regionais.

 

Propostas – Marcado pelo conflito individualizado, onde ataques pessoais e a terceiros falaram mais alto que as propostas, os 25 dias de segundo turno ficaram marcados, também, pela ampliação no índice de eleitores dispostos a anular o voto. Para Edvaldo Nogueira é necessário que os aracajuanos indecisos apostem no retorno do gestor que conquistou o título de 'capital da qualidade de vida'. "Vamos fazer Aracaju voltar a ser feliz; por isso peço o voto dos indecisos para que possamos botar Aracaju novamente no caminho do progresso", afirmou. Em contraponto, se mostrando preocupado com a realidade vivenciada pelos aracajuanos, Valadares Filho promete ser prefeito dedicado a atender os interesses do povo; ressalta o projeto de renovação e critica os dois últimos gestores. "A população sabe que a saúde, a educação e o saneamento básico de Aracaju nunca funcionou de verdade com João Alves.. Eu me preparei muito para este desafio é por isso garanto ao aracajuano que estou pronto para respeitar minhas propostas e atender aos demais desejos da população", garantiu.

A votação ocorre no horário local, e não pelo horário oficial de Brasília. Para votar bastar levar um documento oficial com foto, e o título eleitoral caso o eleitor não saiba qual zona e sessão está cadastrado. Levar santinho como forma de 'cola', e adesivo tipo 'praguinha' está liberado. Para atender a toda a população, neste segundo turno serão utilizadas 1.118 urnas.