Iran diz que Edvaldo irá retomar os avanços interrompidos por João Alves

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/11/2016 às 00:07:00

 

O vereador Iran Barbosa (PT) fez ontem uma análise do cenário eleitoral que se encerrou no último domingo, 30, com a vitória do candidato Edvaldo Nogueira (PCdoB).
Ao utilizar a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju, o parlamentar ressaltou a importância da vitória do projeto que prevê a retomada dos avanços que foram interrompidos pela atual gestão. O parlamentar também frisou que a tarefa a partir de 1° de janeiro é realizar os compromissos que foram firmados com os diversos setores da sociedade aracajuana, bem como colocar em prática o programa eleitoral que foi apresentado à população da capital e aprovado pelo voto popular.
"A tarefa agora é reconstruir o funcionamento adequado da máquina administrativa da nossa cidade, que foi desmontada nos últimos quatro anos e que se encontra em colapso neste final de gestão do atual prefeito", afirmou o vereador.
Iran analisou que a população de Aracaju empreendeu duas derrotas consecutivas ao grupo do atual prefeito, João Alves Filho. A primeira derrota, no primeiro turno da eleição, quando o povo rejeitou o modo de governar do grupo, fazendo o candidato João Alves amargar um terceiro lugar no pleito, ficando muito mal posicionado em relação aos votos dos aracajuanos. E a segunda vez, agora, no segundo turno, quando derrotou o candidato que teve o apoio de todo o grupo que deu sustentação aos quatro anos de descaso administrativo com Aracaju.
"Na verdade, a conclusão que tiro é que João Alves derrotou Valadares Filho duas vezes. A primeira, há quatro anos, quando foi eleito prefeito numa eleição em que disputou contra ele e, agora, quando resolveu apoiá-lo e provocou um imenso desgaste na sua candidatura, em função da grande rejeição que tem como o prefeito que se apresentou como solução para os problemas da cidade e frustrou, em tudo, a população", analisou Iran.

O vereador Iran Barbosa (PT) fez ontem uma análise do cenário eleitoral que se encerrou no último domingo, 30, com a vitória do candidato Edvaldo Nogueira (PCdoB).

Ao utilizar a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju, o parlamentar ressaltou a importância da vitória do projeto que prevê a retomada dos avanços que foram interrompidos pela atual gestão. O parlamentar também frisou que a tarefa a partir de 1° de janeiro é realizar os compromissos que foram firmados com os diversos setores da sociedade aracajuana, bem como colocar em prática o programa eleitoral que foi apresentado à população da capital e aprovado pelo voto popular.

"A tarefa agora é reconstruir o funcionamento adequado da máquina administrativa da nossa cidade, que foi desmontada nos últimos quatro anos e que se encontra em colapso neste final de gestão do atual prefeito", afirmou o vereador.

Iran analisou que a população de Aracaju empreendeu duas derrotas consecutivas ao grupo do atual prefeito, João Alves Filho. A primeira derrota, no primeiro turno da eleição, quando o povo rejeitou o modo de governar do grupo, fazendo o candidato João Alves amargar um terceiro lugar no pleito, ficando muito mal posicionado em relação aos votos dos aracajuanos. E a segunda vez, agora, no segundo turno, quando derrotou o candidato que teve o apoio de todo o grupo que deu sustentação aos quatro anos de descaso administrativo com Aracaju.

"Na verdade, a conclusão que tiro é que João Alves derrotou Valadares Filho duas vezes. A primeira, há quatro anos, quando foi eleito prefeito numa eleição em que disputou contra ele e, agora, quando resolveu apoiá-lo e provocou um imenso desgaste na sua candidatura, em função da grande rejeição que tem como o prefeito que se apresentou como solução para os problemas da cidade e frustrou, em tudo, a população", analisou Iran.