Cesta Básica de Aracaju ficou em R$ 378,17, no mês de outubro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/11/2016 às 00:09:00

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), apontou que o valor da cesta básica registrado na capital sergipana, em outubro deste ano, foi de R$ 378,17, sendo o quarto menor entre as capitais brasileiras, porém ficou 1,6% maior que o registrado no mês imediatamente anterior. Desde janeiro de 2016, o DIEESE vem publicando os resultados das 27 capitais brasileiras. O menor valor da cesta básica foi observado em Natal (R$366,90), no mês em análise. Já os maiores valores da cesta básica foram registrados em Porto Alegre (R$ 478,07), Florianópolis (R$ 475,32) e São Paulo (R$ 469,55).

Em relação ao mês anterior (setembro/2016), 14 das 27 capitais brasileiras apresentaram redução no preço da cesta básica, o maior recuo foi observado em Brasília (-5,44%), e a segunda maior redução foi apurado em Teresina (-1,77%), variação em termos absolutos, ou seja, sem considerar a inflação do período. Dentre as capitais, a maior alta foi observada em Florianópolis (+5,85%).