Chacina deixa quatro mortos no centro de Laranjeiras.

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/11/2016 às 00:00:00

Quatro rapazes foram assassinados a tiros por volta da meia-noite deste sábado, em plena praça principal do centro de Laranjeiras (Vale do Cotinguiba). Segundo a polícia, eles conversavam sentados num banco da praça, em frente à sede da Prefeitura local, quando foram abordados por outros dois homens encapuzados que chegaram em um carronão identificadoe desceram disparando mais de 20 tiros. As vítimas morreram na hora e ficaram estendidas no chão e nos canteiros da praça, sendo atingidas principalmente no peito, nas costas e na cabeça. Os criminosos fugiram no veículo, onde eram aguardados por outros dois comparsas.

A chacina abalou os moradores de Laranjeiras, que foram à praça ainda de madrugada para ver os corpos. As polícias Civil e Militar isolaram a área para a análise dos peritos de Instituto de Criminalística. Constatou-se que uma das armas usadas no crime foi uma pistola calibre 380, cujas cápsulas foram achadas ao lado dos cadáveres. Os corpos foram recolhidos por volta das 3h30 ao Instituto Médico-Legal (IML), em Aracaju.Até o começo da tarde de sábado, quando esta edição foi fechada, apenas um dos rapazes mortos foi identificado oficialmente: Luiz Felipe da Silva Santos, o ‘Felipinho’, 22 anos. Os outros três foram identificados extraoficialmente pelos apelidos de ‘Fá’, ‘Satan’ e ‘Pedrão da Comandaroba’.

O delegado de Laranjeiras, Marcelo Paes, já começou a investigar o caso com sua equipe e informou que, por enquanto, não descarta nenhuma hipótese para os motivos do crime. Segundo ele, três dos quatro rapazes já foram investigados pela própria delegacia, acusados por crimes como furto, roubo, homicídio e tráfico de drogas. “A investigação caminha por várias vertentes. Tanto guerra por tráfico, vingança, grupo de extermínio... nada disso está sendo descartado”, disse ele.

 

Outra execução – Um crime com as mesmas características de execução aconteceu na noite de sexta-feira em Japaratuba (Vale do Cotinguiba). José Gilmar de Souza, 31, e Daniel Ferreira Santa Rosa, 27,foram encontrados mortos em uma casa no Conjunto Albano Franco, área urbana da cidade. Os criminosos executaram as vítimas igualmente com vários tiros, por motivos que ainda não estão claros para a família, nem para a polícia. Testemunhas afirmaram que outros dois rapazes estavam com as vítimas e também teriam sido baleados, mas foram socorridos e internados gravemente em um hospital de Aracaju. A Delegacia de Polícia local também investiga o crime.