Frei Paulistano é campeão da Divisão A2

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/11/2016 às 00:02:00

Empate na segunda partida final contra o Botafogo garante o título inédito

 

A equipe do Frei Paulistano conquistou na tarde de domingo 20, o título de campeão sergipano da Divisão A2. No primeiro ano de inscrição na Confederação Brasileira de Futebol(CBF) e Federação Sergipana de Futebol (FSF), o time de Frei Paulo mostrou disposição, determinação e com trabalho dos seus dirigentes e esforços dos atletas dentro de campo, a equipe conseguiu os objetivos.

- Nossa primeira meta era a conquista da vaga para Divisão de Elite em 2016. Conseguimos. Depois colocamos como objetivo, a conquista do título estadual. Empatamos o primeiro jogo na casa do adversário e trouxemos a decisão para Frei Paulo. Empatamos novamente. Como tínhamos a vantagem de dois empates, vimos a torcida fazer a festa com o título inédito, comemorou de troféu na mão e medalha no peito, o capitão do Frei Paulo, o experiente meia Gil Baiano.

A verdade é que a vaga para Divisão de Elite já estava assegurada, restava a Botafogo e Frei Paulistano, a briga pelo título, para ver quem conquistava o prêmio de R$ 10 mil oferecido pela Federação Sergipana de Futebol.

Na primeira partida em Cristinápolis, aconteceu empate em 0x0. No jogo de volta, o Frei Paulistano se sagraria campeão com o empate. Apesar da partida bem disputada, com jogadas de perigo dos dois lados, o placar se repetiu. Como levava a vantagem pela melhor campanha em toda a competição, o Frei Paulistano conquistou o título.

Após o apito final do árbitro Marcel Phellipe, jogadores, dirigentes e torcedores do Frei Paulistano deram a volta olímpica, carregando o troféu Maria Scadian de Melo e levaram também o cheque no valor de R$ 10 mil, oferecido pela Federação Sergipana de Futebol, entregue pelo presidente Milton Dantas.

O Frei Paulistano sagrou-se campeão invicto. Na primeira fase, a equipe de Frei Paulo liderou de forma isolada o grupo B. Foram cinco vitórias e um empate em seis partidas realizadas. Nas semifinais, o adversário eliminou o Propriá. Foram duas vitórias: 1 a 0 e 4 a 0. Com os dois empates nas finais, o time assegurou o troféu de campeão de forma invicta.

Como não conseguiu vencer, o Botafogo foi vice-campeão, recebeu o troféu Eduardo José, além de um cheque no valor de R$ 5 mil. A partida apresentou um público de 559 pagantes e renda de R$5.990,00.