Presos dois acusados de roubar lojas no Centro e na 13

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/11/2016 às 00:42:00

A Delegacia de Roubos e Furtos (Derof) prendeu três acusados de envolvimento com o assalto ocorrido na quinta-feira passada em uma loja de roupas da Avenida Acrísio Cruz, bairro 13 de Julho (zona sul de Aracaju). CleonesLuis Elesbão dos Santos Gomes, o ‘Breu’, e Alexsandro Vieira Lima já tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Um terceiro homem, Victor Alves de Menezes Santos, foi detido em flagrante por receptação, pois, segundo a polícia, estava com parte das mercadorias levadas. Ele já foi liberado pela Justiça e responde ao processo em liberdade.

Segundo a delegada Juliana Alcoforado, responsável pela Derof, as investigações se basearam na identificação dos acusados que entraram na loja e foram filmados pelas câmeras de segurança do estabelecimento. "Nas imagens, os policiais identificaram Cleones, vulgo 'Breu', já conhecido por nós, devido a uma investigação de um roubo cometido contra um estabelecimento comercial no Centro de Aracaju, no dia 25 de outubro, ao qual foi emitido mandado de prisão pelo Judiciário no dia anterior", relata ela, referindo-se ao assalto a uma loja de celulares no Calçadão da João Pessoa (Centro), de onde foram levados cerca de 40 aparelhos.

Segundo a delegada, o passo seguinte da investigação foi a identificação do veículo utilizado na fuga, um Fiat Brava que foi tomado de assalto dois dias antes do crime. O veículo não só foi recuperado no loteamento Pau Ferro, bairro Santos Dumont (zona norte), como foi devolvido ao proprietário que reconheceu os autores do roubo à loja, como os ladrões de seu veículo.   

Nesta altura, foi identificado o mandante do crime, Alexsandro, a quem foi destinada maior parte dos produtos do roubo para repasse a receptadores. “Com ele, encontramos R$ 1.750,00 em espécie; uma pistola 380 com 30 munições; cinco munições e coldre para revólver calibre 38; placas de um carro roubado; uma carteira porta cédulas ainda com etiquetas, roubada da loja; um dos sacos de grande volume usados pelos autores, que aparece nas imagens; e dois dos bonés usados pelos assaltantes quando invadiram a loja”, detalha Alcoforado.

Ainda segundo a polícia,Victor estava com algumas roupas e bonés da loja, que teve um prejuízo estimado em mais de R$ 70 mil em mercadorias levadas. Um terceiro acusado, Gilson Lima, foi identificado como um dos homens que invadiu a loja. As diligências continuam no intuito de identificar os demais integrantes do grupo. Para qualquer informação sobre os objetos roubados ou sobre os autores, a polícia solicita apoio pelo Disque Denúncia (181). (com SSP)