Casos de Dengue, Chikungunya, Zika e Microcefalia são monitorados em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/11/2016 às 00:50:00

As notificações e as consequências da Dengue, Zika Vírus, Chikungunya e casos de Microcefalia em Sergipe são monitoradas continuamente pela  Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Sala Estadual de Situação. Semanalmente as informações são atualizadas através do Informe Epidemiológico, que no início desta semana, revelou os dados atualizados até o dia 19 deste mês. O informe relata também as ações realizadas para o controle das arboviroses transmitidas pelo Aedes aegypti até o dia 21 de novembro de 2016.

“Nesse período indicado, nenhum novo caso de Microcefalia foi registrado ou confirmado, mantendo-se os dados que revelam, até semana epidemiológica 46/2016, a notificação de 269 casos de Microcefalia no estado de Sergipe”, informou a coordenadora do Núcleo Estratégico da SES/ NEST, Eliane Nascimento.

Esses casos estão distribuídos em 56 municípios sergipanos, sendo que 56 encontram-se em processo de investigação, 128 foram confirmados e 85 foram descartados.

A região de Aracaju aparece com maior número de casos notificados, somando 98, seguida pelas Regiões de Nossa Senhora do Socorro que apresenta 43, Estância com 37 e Itabaiana com 28. De acordo com o sistema de Registro de Eventos em Saúde Pública – RESP/CIEVS/DVS, somente um caso foi descartado do município de Nossa Senhora das Dores.

Em relação ao número de óbitos, estão registrados 13 casos. Destes, sete confirmados, um  descartado e cinco em investigação.

Já os dados referentes aos casos relacionados ao Zika Vírus, o boletim  aponta que em 2016,  foram notificados um total de 299 casos prováveis distribuídos em 27 municípios. Os cincos municípios com as maiores taxas de incidências (casos/100.000hab.) são: São Miguel do Aleixo, Canindé do São Francisco, Umbaúba, Santa Luzia do Itanhy e São Domingos. Entre os casos notificados 29 foram confirmados.

Foram notificados 7.925 casos prováveis de Chikungunya, notificados até o momento, distribuídos em 72 municípios. Em relação à Dengue, até o momento, 3.314 casos prováveis foram notificados em 70 municípios.

“Chama atenção nos casos notificados de Chikungunya que 60% são da região de saúde de Aracaju e 45% são do município de São Cristóvão. Demandando ação intensa e permanente por parte de gestores, profissionais e população sobre o controle do Aedes”, avalia Eliane Nascimento.