Governador e FSF buscam apoio para o futebol

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/11/2016 às 00:52:00

Jackson Barreto volta à Caixa Econômica e apresenta projeto de patrocínio para o futebol sergipano

 

O apoio ao futebol sergipano foi tema de audiência entre o governador Jackson Barreto, o diretor executivo de Marketing da Caixa Econômica, Mario Ferreira Neto e o chefe de gabinete da presidência da Instituição, Silvani Pereira. Reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira, 23. O governador se fez acompanhar do vice-presidente da Federação Sergipana de Futebol, Luiz Santana, Jackson apresentou um projeto de patrocínio para o Campeonato Sergipano, que se inicia no dia 14 de janeiro.

Com dez equipes, o Campeonato Sergipano terá 89 jogos e o patrocínio será utilizado para gastos estruturais das equipes, como fardamento, alimentação de atletas e despesas administrativas. O chefe do Executivo estadual avaliou positivamente a conversa. “Gilberto Ochhi não pôde estar presente na reunião, mas tivemos uma conversa muito positiva anteriormente. Entendemos as dificuldades, mas temos a esperança de que nossos times de futebol serão ajudados por esse patrocínio, que vai viabilizar nosso esporte”, disse.

O diretor executivo da Caixa Econômica, Mario Ferreira Neto, explicou que apesar da crise econômica que afeta diversos setores da economia, vai estudar o pleito.  

Para o vice-presidente da Federação Sergipana de Futebol, Luiz Santana, o apoio do Governo do Estado fortalece o esporte sergipano. “Nosso esporte precisa desse apoio e a atuação do governador Jackson Barreto é fundamental, para que possamos realizar um grande campeonato. O time vencedor garante vaga para a Série C do Campeonato Brasileiro e para a Copa do Brasil, o que significa uma oportunidade única, para nossas equipes e atletas. A Caixa Econômica vai analisar a proposta entregue hoje. Saímos otimistas do encontro”, declarou.

Essa é a segunda vez que o governador busca a direção da Caixa Econômica, para tratar do tema. Em agosto, Jackson Barreto, ao lado do presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, esteve com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

- A Caixa vê esses patrocínios como investimentos em mídia. Quando cheguei à Caixa, pedi pra se fazer um estudo pra ampliar isso pra todos os estados, desde que haja possibilidade jurídica para isso. Os campeões que sobem para os campeonatos principais do país também poderão ser contemplados com nosso patrocínio, desde que seja via federação. Dessa forma, a gente ajuda todos os times e também aqueles que se sobressaírem nos seus campeonatos locais”, afirmou Ochhi.