Processado por 17 mortes, ‘Adrianinho' é preso no São Carlos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 29/11/2016 às 00:47:00

Adriano de Jesus Santos, o ‘Adrianinho’, 34 anos, acusado por cerca de 17 assassinatos cometidos na região de Itabaiana (Agreste), foi recapturado na noite deste domingo por soldados da 3ª Companhia do 8º Batalhão de Polícia Comunitária (3ª Cia/ 8º BPCom). Ele estava com outros três suspeitos no bairro São Carlos (zona oeste de Aracaju) e todos foram flagrados com três armas de fogo, após denúncias de assaltos nas redondezas. Considerado pelas autoridades como de ‘alta periculosidade’, ‘Adrianinho’ estava foragido desde o dia 8 de outubro, quando ele e outros 38 presos escaparam do Presídio Regional Senador Leite Neto (Preslen), em Nossa Senhora da Glória (Sertão).

De acordo com a Polícia Militar, as equipes Canguru 02 e Canguru 04 faziam uma blitz na Avenida Santa Gleide, quando avistaram um veículo Fiat Palio manobrar bruscamente e iniciar uma fuga. De imediato, os policiais perseguiram o carro, que acabou batendo em um poste. Dos cinco ocupantes, um conseguiu fugir, mas o quarteto restante foi detido com três armas de fogo.

Além de Adriano, que no momento da prisão apresentou um documento de identificação com o nome de Felipe de Almeida Pérpetuo, 25 anos, foram presos Beatriz Santana Gomes, 21; Jeferson L. dos Santos, 23; e Igor Luiz Messias Santos, 23 anos. Além dos adultos, também havia uma criança no carro, supostamente filha da mulher. Com os infratores, a polícia apreendeu três armas de fogo, munições, oito celulares e vários relógios de pulso. O caso foi levado à Delegacia Plantonista Norte, no Santos Dumont, onde o foragido confirmou a sua verdadeira identidade.

 

No ônibus – Ainda no domingo, o Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), prendeu Thalisson Silva Freire e Marcos Silva dos Santos, ambos com 18 anos, suspeitos de praticar roubo a usuários de transporte coletivo. A dupla teria agido no Terminal de Integração do bairro Atalaia (zona sul), já nas primeiras horas da manhã, e empreendido fuga em um veículo que faz a linha Fernando Collor/Atalaia.

Após receber informações da ocorrência, a equipe seguiu em diligências e interceptou o ônibus no qual os jovens seguiam, nas imediações do Shopping Riomar, na Coroa do Meio. Os acusados foram identificados e presos em poder de uma garrucha (que estava na cintura de Marcos), uma trouxa média de maconha, uma trouxa pequena com substância aparentando cocaína e a quantia de R$ 171,30 em dinheiro (apreendidos com Thalisson).

Segundo a PM, Thalisson fora preso na última quarta-feira por policiais do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), suspeito de cometer roubo a transeuntes na praça Camerino, no bairro São José, em Aracaju. Na ocasião, o indivíduo confessou ainda a autoria de um roubo praticado a uma ótica localizada na rua Pacatuba, nas imediações do local em que foi detido.