Avião com delegação da Chapecoense cai em Medellin

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/11/2016 às 00:36:00

O maior acidente com equipes esportivas registra 71 mortos e somente 6 sobreviventes.

 

O avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu na madrugada desta terça-feira (29) a poucos quilômetros da cidade colombiana.O Diretor Geral da Unidade Nacional para Gestão de Risco e Desastres colombiana, Carlos Iván Márquez Pérez, disse que as operações de busca e resgate foram encerradas com o seguinte balanço: 6 feridos e 71 mortos.

Anteriormente, a Aeronáutica Civil havia informado que 72 corpos foram resgatados, mas o órgão já corrigiu a informação para 71. Os corpos serão levados para uma base da Força Aérea, de onde seguirão para o Instituto Médico Legal de Medellín.

Seis pessoas foram resgatadas com vida e estão no hospital: os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann, o jornalista Rafael Henzel, o técnico da aeronave Erwin Tumiri e a comissária de bordo Ximena Suarez. O goleiro Danilo também tinha sido resgatado com vida, mas morreu no hospital.

O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com destino a Medellín com a delegação do time, jornalistas e convidados. Segundo as autoridades colombianas, a lista do voo tinha 81 nomes: 72 passageiros e 9 tripulantes.

No entanto, a relação inclui quatro pessoas que não embarcaram e estão vivas. Não há confirmação, se outras pessoas embarcaram no lugar delas. Seis funcionários da Fox Sports, entre eles o ex-jogador e comentarista Mário Sérgio, estavam no avião.

As duas caixas-pretas da aeronave foram encontradas. As autoridades britânicas anunciaram o envio à Colômbia de três investigadores para analisar a cena do acidente – o avião da companhia boliviana LaMia foi fabricado pela British Aerospace.

Relação dos mortos no acidente:

Lista de jornalistas:Victorino Chermont – FOX, Rodrigo Santana Gonçalves – FOXDevair Paschoalon – FOX, Lilacio Pereira Jr. – FOX, Paulo Clement – FOX, Mário Sérgio – FOX, Guilherme Marques – Globo, Ari de Araújo Jr. – Globo, Guilherme Laars – Globo, Giovane Klein Victória - RBS (repórter da RBS TV de Chapecó), Bruno Mauri da Silva - RBS (técnico da RBS TV de Florianópolis), Djalma Araújo Neto - RBS (cinegrafista da RBS TV de Florianópolis), André Podiacki - RBS (repórter do Diário Catarinense), Laion Espíndola - Globo Esporte (repórter de Chapecó), Rafael Valmorbida - Rádio Oeste, Renan Agnolin, Fernando Schardong, Edson Ebeliny, Gelson Galiotto, Douglas Dorneles, Jacir Biavatti e Ivan Agnoletto.

Lista da tripulação:Miguel Quiroga, Ovar Goytia, Sisy Arias, Romel Vacaflores, Alex Quispe, Gustavo Encina, Erwin Tumiri e Angel Lugo.

Lista da delegação da Chapecoense:Ananias Monteiro, Arthur Maia, Bruno Rangel, Ailton Cesar, Cleber Santana, Marcos Padilha, Dener Assunção, Filipe Machado, José Paiva, Guilherme de Souza, Everton Kempes, Lucas da Silva, Matheus Bitencourt, Hélio Zampier, Sérgio Manoel Barbosa, Willian Thiego, Tiago da Rocha, Josimar, Marcelo Augusto, Mateus Lucena dos Santos, Luiz Saroli, Eduardo Filho, Anderson Araújo, Anderson Martins, Marcio Koury, Rafael Gobbato, Luiz Cunha, Luiz Grohs, Sérgio de Jesus, Anderson Donizette, Andriano Bitencourt, Cleberson Fernando da Silva, Emersson Domenico, Eduardo Preuss, Mauro Stumpf, Sandro Pallaoro, Nilson Jr., Decio Filho, Jandir Bordignon, Gilberto Thomaz, Mauro Bello, Edir De Marco, Daví Barela Dávi, Ricardo Porto e Delfim Pádua Peixoto Filho.

Não teriam embarcado:  Plinio Filho, Luciano Buligon e Gelson Merísio.