Dr. Emerson diz que Congresso Nacional favorece apenas a elite

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/12/2016 às 00:09:00

O vereador Dr. Emerson (Rede) fez uma análise, nesta quinta-feira (1), sobre a atual situação de vida da população brasileira, em virtude das escolhas dos políticos. “Desde quando esses congressistas foram eleitos, que venho dizendo que nunca houve nos últimos 40, 50 anos, um Congresso tão conservador como esse. E a grande mídia tem trabalhado para definir quem é de direita ou de esquerda, quem é ‘coxinha’ ou ‘petralha’, promovendo o ódio entre os brasileiros a fim de desviar a atenção do que realmente importa”.

Segundo o parlamentar, o que está sendo aprovado pelo Congresso favorece, apenas, a elite brasileira. “A maioria da população brasileira vive com um salário mínimo ou um pouco mais do que isso. É essa parcela que está pagando a conta de projetos aprovados para favorecer uma minoria”, disse Emerson, ao citar como exemplo, os cortes de verbas em políticas públicas como programas de habitação e financiamento estudantil.

De acordo com ele, a população já está sofrendo com os projetos que estão sendo aprovados pelo Congresso e é importante que cada um faça uma análise da sua qualidade de vida e a da sua família, hoje, comparando-se com a realidade de anos atrás. “Todos nós pagaremos pelo que está sendo feito”, afirmou.

Por causa dessa situação, o parlamentar avaliou que as desigualdades sociais serão cada vez maiores e que fatores como a violência urbana também crescerá no decorrer dos anos. “Tenham a humildade e honestidade de avaliar as condições de vida de vocês e como vai evoluir a vida de vocês nos próximos anos”, reforçou.

Segundo o vereador, é muito comum ouvir a defesa do estado democrático de direito, mas o que acontece na realidade é que existe um estado, quase nada ou muito pouco, democrático de privilégios. “A qualidade de vida de todos nós será afetada a diferença será o tempo”, observou.