Poesia de aluna sergipana é finalista da V Olimpíada da Língua Portuguesa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/12/2016 às 00:22:00

A aluna do 6º ano do Colégio Estadual Gaspar Lourenço, Jucimara Silva Conteira Santos (13), representará Sergipe na final da V Olímpiada Nacional de Língua Portuguesa.

A jovem estudante escreveu a história de vida dos pais na poesia “Vida de Pescador” e conseguiu desbancar mais de 125 poesias classificadas para a etapa regional, ocorrida em outubro, em Salvador (BA).

Jucimara Silva embarcará para Brasília no dia 12 de dezembro, acompanhada da orientadora Irani dos Santos Carvalho; do diretor do colégio, Ildson Alves, e da mãe dela, Lucineide Silva, para participar da final da Olimpíada da Língua Portuguesa, que contará com mais de 38 poesias escritas por jovens de todo o país.

 “Já tinha em mente a história ao observar meus pais pescando, na feira e no dia a dia. Sei que a história deles é de muitas outras pessoas de Sergipe e adoro escrever. Quem sabe um dia lanço um livro”, contou a jovem poetisa.

Irani dos Santos Carvalho, orientadora da aluna no projeto, destacou que Jucimara tem uma linguagem poética e sempre mostrou muita poesia nos textos, no sorriso, nas conversas em sala de aula.

 “Fizemos as oficinas e identificamos que ela tem um olhar poético. Jucimara escreveu o texto baseado na vivência dela, com um retrato fiel da vida sofrida de sua gente. A maneira como aqueles alunos se identificam com a comunidade onde vivem é impressionante. Apesar de tantas dificuldades, eles têm orgulho do seu lugar. Eu tinha plena certeza de que quando todo aquele pertencimento fosse poeticamente traduzido para o papel, textos maravilhosos seriam escritos”, explicou.

A orientadora também foi classificada entre os sete textos na modalidade Relato de Experiência, com o título “Pescaria Literária”, que explica a trajetória desde a realização das oficinas no Colégio Gaspar Lourenço até a escrita do texto pela aluna.

 “Participo pela segunda vez da olimpíada. Na primeira em 2014 fui semifinalista. Agora somos finalistas. É uma prova de que temos potencial, e não é só o aluno que ganha. Todos ganham: professor, escola, comunidade. Continuarei incentivando e insistindo que os professores e alunos participem”, afirmou Irani dos Santos.

Premiação Nacional - A Olímpiada da Língua Portuguesa teve como tema o “O Lugar Onde Vivemos” e é uma iniciativa da Fundação Itaú Social, através do programa Escrevendo o Futuro, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, em parceria com o Ministério da Educação, Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e Canal Futura.