Dor e sofrimento no adeus a Willian Thiego

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/12/2016 às 00:14:00

Homenagens começaram no Aeroporto de Aracaju até o sepultamento na Colina da Saudade

 

Givaldo Batista

givaldobs@yahoo.com.br

 

Um domingo de tristeza e muita emoção para os sergipanos. Área do Aeroporto superlotada, povo nas ruas, homenagens na casa dos familiares isso até o adeus final, com o sepultamento na Colina da Saudade. Do aeroporto, o corpo deWillian Thiego seguiu em um carro funerário, para a casa da avó do ex-jogador. O velório de pouco mais de duas horas, aconteceu na Rua Recife, Bairro José Conrado de Araújo. Às 16h00, o corpo foi colocado em cima do caminhão do Corpo de Bombeiros e seguiu para a Colina da Saudade, onde foi sepultado sob gritos de do, sofrimentos da família e amigos e também muitos aplausos.

A lembrança que teremos do Thiego é de uma pessoa feliz, um profissional aguerrido e que estava pronto para ser campeão, afirmou em discurso o irmão Léo de Jesus. Mas o testemunho que mais emocionou aos presentes foi dado pela mãe do jogador.

Dona Elenice de Jesus disse que quando colocou o nome Thiego, diferente de tudo que se conhecia em termos de grafia, era porque sabia que esse nome seria conhecido e se tornaria famoso em todo o mundo. “Thiego você foi um herói. Hoje Brasil e o mundo todo lhes rende homenagens”. 

Mas a frase que marcou o discurso de dona Elenice calou a todos os presentes: “O Senhor me deu.O Senhor tomou.Bendito seja o nome do Senhor! Quero fazer um pedido a vocês: não percam a oportunidade de demonstrar amor para os seus, ninguém sabe o dia de amanhã", encerrou sua fala Elenice de Jesus, mãe de Willian Thiego.

Presente à solenidade fúnebre, a viúva Susana Ribas externou a sua dor e o seu sentimento, através de uma rede social.

 “Como era lindo este teu sorriso meu amor, este cuidado que você tinha comigo, do amor infinito por mim! Essa noite que tiramos essa foto estávamos tão felizes, comemorando a classificação para final da sul americana! Todos nossos amigos reunidos, amigos mesmo, que para alguns chamavam colegas de trabalho, mas neste clube tão querido não tinha isso é sim uma FAMÍLIA! Pra sempre ao meu lado meu campeão, meu melhor zagueiro do MUNDO! Meu zagueiro artilheiro, meu grande amor e grande pai!!!! Te amoooo”.

O cortejo desfilou pelas ruas da cidade, Av. Rio de Janeiro, Sol Nascente, Santa Lucia, até chegar à Colina da Saudade onde o corpo baixou à sepultura. Sirenes ligadas, luzes intermitentes nos carros e um batalhão de motos acompanhou o cortejo.