Banese injeta mais de R$ 145 milhões na economia no final do ano

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente do Banese, Fernando Mota.
O presidente do Banese, Fernando Mota.

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/12/2016 às 00:45:00

O Banco do Estado de Sergipe (Banese), cumprindo o seu papel de agente de desenvolvimento do Estado, disponibilizou mais de R$ 145 milhões em recursos para o servidor resgatar a 2ª parcela do seu décimo terceiro de forma integral.

Para o presidente do Banese, Fernando Mota, esses recursos são importantes para o aquecimento das compras de final do ano. "O servidor que contrata a operação geralmente tem o intuito de saldar uma dívida para voltar a consumir no mercado ou adquirir bens ou serviços, fortalecendo a cadeia de consumo do Estado. A ausência desses recursos poderia causar enorme prejuízo para o setor do comércio e serviços", afirma o presidente.

A linha de crédito do Banese para antecipação da segunda parcela do 13º conta com as menores taxas do mercado e pode ser contratada diretamente dos Caixas Eletrônicos, Internet Banking ou agências da Rede Banese.