Trio acusado de assaltos e estupros é preso em Glória

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/12/2016 às 00:00:00

Uma operação da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, com o apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol), resultou na elucidação de um crime de roubo praticado com requintes de crueldade, ocorrido na noite de 3 de dezembro deste ano. Na ação, criminosos teriam estuprado e ferido as vítimas.

Segundo o delegado regional Jorge Eduardo dos Santos, um casal foi abordado na zona rural de Glória por três indivíduos armados que anunciaram um assalto. Na ocasião, um dos integrantes do bando passou a abusar sexualmente da vítima feminina e em seguida agrediu fisicamente o casal com socos, coronhadas e golpes de estaca. “Com o apoio da Dipol, nossos agentes conseguiram efetuar a prisão de um dos suspeitos, identificado como Rafael Cavalcante Oliveira, de 28 anos, na última terça-feira. Com ele foram recuperados objetos subtraídos no dia do crime”, explicou o delegado.

Ainda segundo Jorge, a partir da prisão de Rafael, as equipes chegaram a Manoel Santos de Moraes, o ‘Tuta’, 23, preso na manhã de quarta-feira. “Conseguimos localizar o suspeito e com ele foi apreendido vasto material bélico - espingardas de vários calibres, um revólver, muita munição para as armas apreendidas, cartuchos, pólvora, chumbos e espoletas - tudo localizado em uma residência no Conjunto Joviano Barbosa”, relatou. O delegado confirmou que ‘Tuta’ confessou a sua participação e colaborou com a investigação.

Horas depois, foi preso Marcelino Santos de Moraes, irmão de Manoel, com o qual foram apreendidos outros objetos oriundos de furtos a sítios, chácaras e fazendas. Além das armas e munições, os policiais encontraram diversos materiais que constavam em boletins de ocorrências de outros roubos e arrombamentos ocorridos em propriedades rurais do município de Glória.