Polícia recupera arma levada de corregedoria

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/12/2016 às 00:32:00

Uma pistola calibre 380 pertencente à Corregedoria da Polícia Civil (Corregepol) foi apreendida na madrugada de ontem, durante uma operação conjunta de policiais do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) e do Departamento de Narcóticos (Denarc). De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a arma estava com Yuri Duane de Melo Santos, que já era investigado pelo Denarc por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

Yuri foi detido por duas equipes do BPRp na avenida Beira Mar, no bairro 13 de Julho (zona sul), onde seu carro foi interceptado. Dentro do veículo, foram encontradas 40 pedras de crack. Ao ser questionado a respeito do armamento, confirmou que estava com ela e conduziu os policiais a sua residência no conjunto Marcos Freire II, onde foi localizada a pistola calibre 380, com sua numeração raspada, oito munições e duas mudas de maconha. O acusado foi levado à sede do Denarc, no São José, e autuado em flagrante.

Segundo a polícia, a pistola foi levada por uma moradora de rua que, no sábado passado, conseguiu entrar no prédio da Corregepol, no São José, após arrombar um basculante, e revirou uma das salas da repartição em busca de objetos de valor. O arrombamento foi detectado na segunda-feira, mas a perícia só foi feita dois dias depois, por causa de uma paralisação dos peritos do Instituto de Criminalística. A acusada foi detida para prestar esclarecimentos e admitiu o arrombamento, alegando ser usuária de drogas. A relação da invasão com o furto da arma e a entrega dela a Yuri ainda é investigada pela Polícia Civil.