Mais dois assaltos em ônibus na capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/12/2016 às 00:14:00

Os assaltos e arrastões a pedestres e a ônibus do transporte coletivo continuam sendo registrados praticamente todos os dias. Na noite de segunda-feira, quatro crimes do tipo ocorreram durante a noite, sendo um praticamente no mesmo horário do arrastão praticado por bandidos no Estádio João Hora de Oliveira, no Siqueira Campos.

Por volta das 18h30, um homem esperava o ônibus na Avenida Marechal Rondon, bairro Jabotiana (zona oeste), quando foi rendido por dois homens que chegaram com uma moto Honda CG 150 branca. O garupa sacou o revólver e anunciou o assalto, tomando-lhe o celular e a carteira com documentos e R$ 20 em dinheiro. Meia hora depois, às 19h, outra dupla de motoqueiros armados abordou uma mulher que caminhava no Loteamento Visconde de Maracaju, bairro Cidade Nova (zona norte). O garupa armado pegou a bolsa da vítima, levando consigo documentos, um celular, jóias, uma toalha, alguns outros pertences e remédios controlados que a vítima precisa tomar. Nos dois casos, os bandidos sequer desceram da moto e fugiram rapidamente. Os casos foram registrados na Delegacia Plantonista Norte (Santos Dumont).

Os outros dois roubos foram em ônibus do transporte coletivo. Às 16h30, uma passageira estava na Coroa do Meio (zona sul) e embarcou no veículo da linha Jardim Atlântico/Shopping Riomar/Centro. Um ladrão que se passava por passageiro anunciou o assalto ao passar pelo shopping, levantando do banco e sacando uma faca. O bandido levou o celular da passageira e de outra moça que pegara o mesmo ônibus. Já às 23h30, no bairro Inácio Barbosa (zona sul), o motorista e o cobrador de um carro da linha Circular Shopping 1 foram rendidos por dois homens e uma mulher que já estavam no veículo. Um deles estava com o revólver e os outros três pegaram cerca de R$ 50, equivalentes à renda do dia. Os bandidos fugiram entrando em um VW Gol Bola de cor vinho, cuja placa não foi identificada. Os roubos foram registrados na Delegacia Plantonista Sul (Augusto Franco).