Médicas cubanas que atuarão em Lagarto desembarcam em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/12/2016 às 00:12:00

Mais duas médicas cubanas que atuarão em Sergipe através do Programa Mais Médicos chegaram em Aracaju na terça-feira, 20. As profissionais seguiram direto para o município de Lagarto, onde desenvolverão suas atividades.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu o grupo através da coordenadora Estadual de Atenção Básica, Áurea Torres; juntamente com a referência técnica do Ministério da Saúde para o Programa Mais Médicos, Rosana Apolônio; e a representante da Organização Pan-americana de Saúde, Marta Maldonado.

“Essas profissionais irão integrar as equipes de saúde da família. Com isso, proporcionarão uma assistência de qualidade nas ações de serviços que são inerentes as atribuições da atenção primária”, destacou Áurea Torres.

“Estou muito contente por estar aqui com vocês, e minha expectativa é de trabalhar muito pela saúde do Brasil”, revelou a médica cubanaYumisleidys Perez. Na semana passada, dia 15, outros 10 médicos chegaram ao Estado. Eles contribuirão com o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde em oito municípios sergipanos.

Os novos médicos que chegaram a Sergipe integram o fluxo de substituição dos 51 profissionais que deixaram o estado entre os meses de outubro e novembro, após três anos de atuação. Ao todo, já desembarcaram, durante este mês, 12 profissionais. “Eles ficam aqui por dois anos, podendo prorrogar a permanência por mais um ano”, esclareceu Áurea Torres.

Ela acrescenta que os médicos seguem do aeroporto direto para os municípios onde desenvolverão suas atividades. “Nós fazemos contato prévio com os gestores municipais para que tudo flua tranquilamente. Através de representantes, as prefeituras acompanham os médicos até o local onde eles realizarão as ações”, finalizou.