Mais um partido

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/12/2016 às 06:20:00

Rita Oliveira

 

Mais um partido

 

O Brasil hoje é um dos países com maior número de partidos: são 35 ao todo. A França tem 14 partidos, Reino Unido 13, Chile 9, México também 9, Rússia 4, Estados Unidos 2 (Partido Republicano e Partido Democrata) e Cuba apenas um: o Partido Comunista Cubano. Na América Latina só perde o Brasil para a Argentina, que tem 37 partidos.

Além desses 35 partidos, mais 30 estão para serem criados no país. Se essas 30 legendas conseguirem registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), serão 65 o número de legendas partidárias no país.

Um partido que está entre os 30 para ser criado é o PMEB - Inova Brasil (Partido Pequeno e Micro Empresário Brasileiro). O presidente nacional da legenda, Amarildo Gomes de Oliveira, está enviando e-mails falando da razão e objetivos da criação de uma nova legenda e pedindo que as pessoas indiquem no seu município quem possa presidi-la.

No e-mail recebido pela coluna, Amarildo, que se apresenta como economista, professor universitário e microempresário, diz que o país vive uma crise política e econômica e que afeta toda a sociedade. Ressalta que ainda assim, a política é o instrumento mais adequado para promoção das mudanças necessárias ao bem estar da população.

Prossegue dizendo que por essa razão, e por propor novas diretrizes para o Brasil, estão fundando o PMEB. E buscando um dirigente para o partido em cada município.

Pede que caso conheça alguém com o perfil para essa função, e que possa lutar para construir um país melhor, faça a gentileza de passar a informação.

Não há problemas em um país ter centenas de partidos, várias democracias têm. O problema é que em nenhum país do mundo, exceto no Brasil, uma legenda só por obter registro, sem sequer concorrer numa eleição, tem direito a Fundo Partidário. “É uma questão de mercado. Em vez de abrir uma loja de iogurte gelado, o sujeito acha mais interessante abrir um partido”, afirma o cientista político da UFRJ Jairo Nicolau.

Trocando em miúdos, hoje o maior negócio no país é abrir igreja, sindicato e partido. A igreja tem o dízimo, o sindicato o imposto sindical e o partido o Fundo Partidário.

..........................................................................................

Às escuras 1

Por falta de pagamento foi cortada ontem a energia da sede da Prefeitura de Aracaju e de alguns órgãos do município, a exemplo da Escola de Governo, onde se reúne a Comissão de Transição. Com isso, foi suspenso o expediente na prefeitura faltando quatro dias para terminar o trágico governo do prefeito João Alves Filho (DEM).

 

Às escuras 2

O prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) não deixou de externar ontem sua indignação pelo corte de energia elétrica da prefeitura. “É como um pai que deixa cortar a energia da sua casa. O prefeito podia fazer qualquer coisa, menos deixar cortar a luz da sede. É o fim do poço”, disse à coluna.

 

Diagnóstico da PMA 1

Revela que o corte de energia acabou causando problema, também, para a comissão de transição, que se reúne na Escola de Governo, que também foi afetada com o corte da luz. Disse que iam ter que achar outro lugar para se reunir e concluir o relatório.

 

Diagnóstico da PMA 2

Segundo EN, a comissão de transição quer finalizar até essa sexta-feira o relatório sobre a situação da Prefeitura de Aracaju, contratos e obras em andamento. “Esse relatório vai permear nossas primeiras medidas”, disse à coluna.

 

Diagnóstico da PMA 3

De Edvaldo ao ser questionado qual o diagnóstico da situação da prefeitura: “A situação é caótica. Muitas dívidas, desorganização, contratos com cara de cinema. Tudo desestruturado, onde chega tem problema. A área de saúde bate recorde”.

 

Diagnóstico da PMA 4

Ressalta que as áreas mais impactantes, as com problemas profundos, são as mais importantes: saúde, educação, ação social e limpeza urbana.

 

Coletiva à imprensa

Amanhã o prefeito eleito estará anunciando os nomes que faltam para compor a sua equipe de governo. Será às 8h, na sede do Sindicato dos Bancários. No dia 02 de janeiro, às 10h, no Teatro Atheneu, EN dará posse coletiva a toda equipe.

 

Confirmados

Edvaldo já confirmou os nomes de Jefferson Passos na Secretaria Municipal da Fazenda, de Carlos Cauê na Secretaria de Governo, de Mendonça Prado na Emsurb e André Sotero na Saúde.  Para a Comunicação deve assumir o jornalista Luciano Correia.

 

Para finanças do estado 1

Jefferson Passos deixa a Secretaria de Estado da Fazenda para assumir a Secretaria Municipal da Fazenda nessa sexta-feira e o governador Jackson Barreto (PMDB) continua sem um nome fechado para comandar a pasta. Esta tendo dificuldades de trazer um técnico do Tesouro Nacional, por já tá no meio do governo.

 

Para finanças do estado 2

Segundo JB, o governador de Alagoas Renan Filho (PMDB) só conseguiu essa proeza de trazer alguém do tesouro nacional para a Fazenda do Estado porque fez isso no começo da sua gestão, em 2015.

 

Hospital do Câncer 1

Do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) sobre o polêmico Hospital do Câncer: “O SIAFI divulga notas de empenho referentes ao dinheiro que faltava para iniciar obras do Hospital do Câncer. Valeu! Agora sim! Com mais R$ 30 mi na conta o governo Jackson Barreto pode dar início imediatamente às obras do Hospital do Câncer”.

 

Hospital do Câncer 2

Jackson Barreto já anunciou que em janeiro dará ordem de serviço para a construção do Hospital do Câncer.

 

Fundeb 1

O governo federal vai antecipar o repasse da complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) para os nove estados e para os municípios que recebem ajuda da União para pagamento dos salários dos professores. Os recursos antecipados se referem ao exercício de 2016 e totalizam R$ 1,25 bilhão. O crédito estará disponível nas contas locais até amanhã.

 

Fundeb 2

Sergipe não está entre os nove estados que recebem reforço da União para pagamento do PIS. Os que recebem são: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. O maior valor será depositado para o Maranhão, que deve receber esta semana R$ 312,2 milhões.

 

Fundeb 3

Para 2017, o valor a ser repassado para os estados e municípios será de R$ 1,29 bilhão, dividido em parcelas mensais a serem depositadas até o último dia de cada mês. O governo alterou também o valor mínimo pago anualmente por aluno, que passará de R$ 2.739,77 para R$ 2.875,03 a partir do ano que vem.

 

Passagem por Alagoas 1

Ontem, em Alagoas, o presidente Michel Temer disse que o Nordeste será beneficiado pelo dinheiro da repatriação de recursos mantidos no exterior. Segundo ele, haverá uma “segunda chamada” que ampliará os valores a serem divididos com os estados.

 

Passagem por Alagoas 2

Afirmou o presidente: “Tenho uma boa notícia: temos novo projeto de repatriação. É uma segunda chamada para aqueles que não trouxeram, para que possam fazê-lo agora. Nessa segunda chamada já estamos introduzindo a obrigação que não só no imposto, mas na multa haja divisão com estados e municípios.”

 

Passagem por Alagoas 3

O presidente disse que seu governo tem foco na responsabilidade com gastos, mas que está “fazendo muito sem nenhum carro alegórico”, e lembrou que, apesar de iniciada há 15 anos, a transposição do Rio São Francisco precisa ser concluída.

 

Passagem por Alagoas 4

“As pessoas imaginam que ao mudar governo o céu fica imediatamente azul. Isso não acontece. A transposição começou há praticamente 15 anos. Houve paralisação, mas liberamos verbas suficientes para que essas obras possam ser inauguradas. Em fevereiro vamos inaugurar o trecho leste”, disse. “Meu sonho é que até final do meu mandato o Eixo Norte e outras obras sejam inauguradas. Se isso acontecer, vou dizer: fiz um bom governo”, acrescentou.

 

Veja essa...

O presidente Michel Temer disse ontem, em Maceió - quando anunciou R$ 755 milhões em investimentos para a construção de 133 mil cisternas, microaçudes e programas de acesso à água em 15 estados do país que sofrem com a seca - que pretende, ao final de seu mandato, ser lembrado como “o maior presidente nordestino que passou pelo Brasil”, apesar de ter nascido no interior de São Paulo.

 

 

 

CURTAS

 

Além da substituição dos secretários Jeferson Passos (Fazenda) e Antônio Hora (Justiça), Jackson reafirmou ontem que vai mudar mais seis secretarias como a coluna vem noticiando. As mudanças ocorrerão no segundo semestre de janeiro.

 

Será às 17h do dia 1º de janeiro, a posse dos prefeitos eleitos de Aracaju e São Cristovão. Edvaldo Nogueira tomará posse no Tribunal de Justiça do Estado e Marcos Santana na Praça São Francisco. Já a posse do prefeito eleito de Rosário do Catete, Etelvino Barreto Sobrinho, ocorrerá às 18h, do dia 1º, na Câmara Municipal.

 

Liminar do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, garantiu a posse do prefeito Elinho para novo mandato na prefeitura de Pirambu. Ele estava impugnado pelo TRE.

 

Funcionários do SAE de São Cristóvão ainda não receberam os salários de novembro e o 13º salário. É um caos.

 

A Assembleia Legislativa se reúne extraordinariamente hoje para votar o projeto que cria o Fundo estadual de Financiamento da Indústria, em tramitação desde o final de novembro.

................................................................

 

Ontem à tarde os moradores da Atalaia e adjacências foram prejudicados com a falta de energia. Além da falta de luz, foram afetados pela interrupção do fornecimento o sistema de internet e celular, que mesmo com a volta da energia esses serviços ficaram sem funcionamento. Sem falar que a Orla da Atalaia ficou completamente às escuras por boa parte da noite. Caos total.