Governo investe mais de R$ 5 milhões em Laranjeiras

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/12/2016 às 06:48:00

Lama e isolamento. Essa era a realidade dos moradores às margens da Avenida Antônio Carlos Franco, o Contorno Leste, em Laranjeiras, antes de sua revitalização. A nova via foi uma das três obras, que juntas somam R$ 5.873.247, entregues nesta terça-feira, 27, pelo governador Jackson Barreto para melhorar a vida dos moradores do município. A rodovia Walter Franco e o Conjunto José Monteiro Sobral também receberam ações do Governo do Estado e Prefeitura Municipal.

“Melhorou muito a vida da gente. Hoje a gente tem acesso às coisas, melhorou transporte, antes não passava topic, carro, nada por aqui. Antes era só lama e poeira”, relata o morador Danilo Santos.

No bairro Quintalé, a Avenida Antônio Carlos Franco faz parte do acesso à sede do município pela rodovia Senador Walter Franco (ligação à BR-101) até o entroncamento com a rodovia SE-429 (entrada de Laranjeiras pelo povoado Pedra Branca) passando pelo Conjunto Manoel do Prado Franco e pelo bairro Pedreira e povoado Corre Nu. O investimento foi de R$ 3.384.813,56, recursos oriundos do Programa Sergipe Infraestrutura.

“Quero homenagear aos moradores de Laranjeiras com estas obras que oferecem mais dignidade a este povo. Enquanto homens públicos, temos a obrigação de zelar pela dignidade da população. O que a gente faz é um reconhecimento por tudo que Laranjeiras representa para o estado. Não sou filho de Laranjeiras, mas amo essa cidade”, declarou o governador.

A intervenção, realizada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) em parceria com o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), atende aos novos padrões estabelecidos nas rodovias estaduais. São dois quilômetros de extensão com oito metros de largura, sendo seis de pista de rolamento (duas pistas de três metros) e um metro de estacionamento em ambos os lados. A pavimentação é asfáltica.

A execução das obras buscou melhorar a qualidade de vida dos moradores, uma vez que no meio da estrada existia uma lixeira e boa parte dela era entrecortada por córregos pluviais, além de ficar às margens de lagoas, o que exigiu um minucioso sistema de drenagem e esgoto, com a implantação de um dreno longitudinal profundo.

Além de conectar importantes vias de circulação do território, outra função importante do Contorno Leste é retirar o tráfego de veículos pesados (intenso por conta das várias indústrias instaladas na região) das ruas da sede municipal, garantindo a preservação da pavimentação e das construções da cidade histórica e trazendo segurança aos moradores.

A dona de casa Ednice Santos de Oliveira relata a dificuldade que era para sair de casa com os filhos e netos. “Não passava transporte nenhum por aqui. Era uma caminhada grande e ainda a gente tinha que amarrar bolsas plásticas nos pés para não se sujar com a lama”.

A nova rodovia já tem rendido trabalho extra para o morador e pedreiro Alex Souza. “Com a rodovia, todo mundo também pegou gosto para arrumar as casas. Estou fazendo muitos bicos de construção por aqui”.