Risco de tragédia em boate de Aracaju preocupa órgãos de fiscalização

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 29/12/2016 às 00:13:00

Depois de três anos e 11 meses da tragédia ocorrida na Boate Kiss, na cidade de Santa Maria (RS), peritos sergipanos irão fiscalizar bares, restaurantes e casas de show de Aracaju e região metropolitana. A decisão foi oficializada na última terça-feira, 27, após o Ministério Público Estadual e Corpo de Bombeiros Militar terem recebido inúmeras denúncias retratando imprudência ocorrida na madrugada do último domingo na boate Titanium, zona sul da capital sergipana.

As informações apresentadas aos órgãos dão conta de que houve excesso de público durante a realização do evento denominado 'Baile da Santinha', o qual foi criticado pelo próprio artista baiano Léo Santana - apresentado como atração principal da festa. Além do número avantajado de foliões, por volta das 00h45 houve uma pane elétrica que causou desligamento na rede de ar-condicionado. A junção de superlotação e calorcontribuiu para que dezenas de pessoas registrassem perda passageira dos sentidos e necessitassem de atendimento médico. As vítimas dos desmaios estavam distantes da porta de saída e da área destinada a fumantes.

Devido à gravidade do caso, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) reivindicou junto aos proprietários do estabelecimento um dossiê que explique os motivos para a promoção do risco contra a saúde coletiva dos clientes, e qual a situação atual em termos de estrutura da casa. Atendendo a notificação dada pela fiscalização, na manhã de ontem os sócios do estabelecimento estiveram no órgão e apresentaram toda a documentação exigida. Agora, depois do problema, a informação atribuída é que a Titanium Aracaju passará por uma ampliação e instalação de um medidor de público para controle da lotação da casa.

Em nota a direção da Titanium informou que: "um problema técnico gerou alteração na climatização e por esse motivo entendemos as insatisfações nas redes sociais. A finalidade, em ritmo de urgência, é dar um upgrade em toda estrutura e aparelhos de ar condicionado. A todos que frequentam a Casa de Eventos Titanium, nosso respeito e a grande certeza: vem de vocês o maior e verdadeiro espetáculo do nosso espaço". O Corpo de Bombeiros não informou quando realizará novas vistorias no local. A casa também não se pronunciou quanto à possibilidade de suspender dois eventos previstos para ocorrer na primeira quinzena de janeiro.