Jackson entrega mais de R$ 28 milhões em investimentos em Lagarto e Tobias Barreto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/12/2016 às 00:34:00

A população do Centro-Sul sergipano recebeu nesta quinta-feira, 29, três obras que vão alavancar o turismo, a economia e o desenvolvimento da região. O governador Jackson Barreto esteve em Lagarto para entregar o Balneário Bica e o Mercado Municipal, ambos reformados e revitalizados. Já em Tobias Barreto, foi inaugurada a nova entrada da cidade, facilitando a mobilidade e promovendo mais segurança, conforto, e praticidade para moradores e visitantes. Ao todo, foram investidos R$ 28.992.191 nas três intervenções, sendo uma delas com recursos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste).

O Mercado Municipal de Lagarto José Corrêa Sobrinho ganhou estrutura nova e moderna, ampliando a variedade de produtos comercializados, e proporcionando praticidade, higiene e melhoria dos serviços ofertados. Foram R$ 19.150.000, recursos do Proinveste, investidos na construção de 521 boxes para venda de carnes, miúdos diversos, pescados, aves, suínos, cereais, legumes, verduras e frutas, divididos entre dois pavimentos.

Com o objetivo de armazenar a carne bovina, foi edificada uma câmara frigorífica, com capacidade para 120 bois. O projeto inicial do mercado, segundo conta o secretário estadual de Infraestrutura, Valmor Barbosa, previa uma câmara frigorífica para apenas 30 bois, mas, devido a pujança do comércio, houve um pedido local pela adequação do projeto.

De acordo com o prefeito de Lagarto, Lila Fraga, o mercado vai enaltecer mais a cidade. “Além disso, vai dar mais conforto aos feirantes e usuários. Só tenho que agradecer ao governador Jackson Barreto, que teve a audácia de construir esse mercado e ainda me dar o prazer de inaugurar nessa gestão”. O ex-prefeito Jerônimo Reis também agradeceu ao governador e disse que, por meio de reivindicação da cidade, o governo executou a obra do centro comercial.

Durante a solenidade de inauguração do mercado, o governador lançou a proposta de construção, em Lagarto, de monumento em homenagem ao ex-governador Marcelo Déda, incluindo a colocação de uma placa em bronze listando as obras que ele levou para o município. “Foi ele quem trouxe a Universidade Federal de Sergipe, o saber, o hospital de Lagarto e o futuro da juventude. Gostaria que Déda estivesse vivo para ver essa obra do mercado. Cumpri a palavra dele e sei que, de onde ele estiver, estará feliz”, complementou.

 

Bica - O Balneário José Agnaldo Silva, conhecido como Balneário Bica, faz parte da história de Lagarto e sagrou-se ponto turístico e de lazer do município. Por falta de manutenção, o local ficou deteriorado. Porém, a partir de R$ 6.250.000 de investimento, o Governo do Estado revitalizou a área, proporcionando que moradores e visitantes tenham acesso a um ambiente múltiplo, com bosque, áreas para prática esportiva, piscinas, restaurantes e muitos outros atrativos.

Ao entregar a obra, Jackson Barreto lembrou da promessa do ex-governador Marcelo Déda em reformar o Balnerário. “Quando Déda veio entregar a clínica de saúde, prometeu reformar a Bica e cumprimos a promessa. Hoje estamos entregando essa obra, que foi muito cobrada e estimulada pelo prefeito Lila. Estou feliz porque cumpri meu compromisso com esse município. Peço que aproveitem essa área de lazer bonita, que façam bom uso desse lugar que considero o cartão de visitas daqui. A Bica está bonita e é a área de lazer do povo”, destacou.

Além dessas intervenções, ainda houve reforma do anfiteatro e da antiga guarita, construção de pórtico, bloco administrativo, dois blocos de banheiros (12 sanitários em cada um), seis quiosques (dois para a venda de cocos e quatro destinados a piqueniques), 45 bancos de concreto espalhados, novas instalações elétricas e hidráulicas, casa de bombas e de lixo. Dos 27.089,81 m² de área, 2.569m² são de espaço construído. O balneário recebeu 15 painéis de autoria do artista plástico José Fernandes, natural de Lagarto.

Ainda em Lagarto, o governador comentou sobre mais investimentos destinados ao município. Um deles está voltado a obras de esgotamento sanitário. De acordo com Jackson, são R$ 95 milhões apenas para esta intervenção. “Isso é modernidade e a oportunidade de oferecer esse serviço a um município do porte de Lagarto que não tinha esgotamento”, pontuou.

 

 

Tobias Barreto - Em Tobias Barreto, Jackson Barreto inaugurou a nova entrada do município, a Avenida Prefeito Dr. José Aírton de Andrade (Rodovia SE-170), que recebeu iluminação pública, duplicação, pavimentação e urbanização. A obra de mobilidade oferece mais segurança e comodidade para quem trafega pela rodovia, e também valoriza a localidade. Foram destinados R$ 3.592.191, oriundos do Programa Sergipe Infraestrutura, para a intervenção que mudou a face municipal.

Conhecida por ser o maior polo têxtil sergipano, a região passou por intervenção que corresponde à duplicação de 1,4 km da rodovia SE-170, especificamente nas proximidades da rua Itabaianinha e do conjunto dos Servidores (principal acesso ao município). A obra iniciou na ponte sobre o rio Jabiberi e foi até o acesso ao município de Poço Verde - entroncamento da rodovia SE-295.

O Governo do Estado também se preocupou em implantar iluminação no canteiro central do trecho da rodovia duplicado. São 25 postes com quatro pétalas e lâmpadas de 400W de vapor sódio.

 

Habitação - Também em Tobias Barreto, Jackson Barreto visitou as obras dos conjuntos habitacionais Agripino Bernardo I e II, frutos da parceria do Governo de Sergipe com o Governo Federal, que estão sendo construídos por meio da Caixa Econômica Federal. São 610 casas, no bairro Julieta Barreto de Menezes, que correspondem a um investimento total de R$ 43.495.451 e recebem recursos do Fundo de Arrendamento Residencial – FAR.

Os conjuntos habitacionais, Agripino Bernardo I e II fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida e receberam toda a infraestrutura necessária para o bem estar dos futuros moradores. O Conjunto Habitacional Agripino Bernardo I receberá 400 unidades, e a segunda parte será composta por 210 residências.

O conjunto Agripino Bernardo II, localizado ao lado do primeiro, será composto por 210 residências, com sete casas adaptáveis para pessoas com deficiência física, e um investimento total de R$2.552.598,30 em infraestrutura, contemplando a construção de uma praça com quadra esportiva.

O primeiro conjunto já está com 99% das obras executadas, e aguarda apenas a vistoria da Caixa para a entrega. Já no segundo, as habitações estão concluídas e estão em fase de vistoria final.