Sindesp discute medidas para reduzir índice de roubo a armas com SSP

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/08/2012 às 11:16:00

Na próxima semana, uma comissão do Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado de Sergipe - Sindesp/SE -, liderada pelo presidente da entidade classista, Marco Aurélio Pinheiro Tarquínio, se reunirá com o Secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloi, quando entregarão uma minuta com propostas para firmar um convênio entre a SSP e as empresas que atuam na área de segurança privada. O objetivo do convênio é traçar metas de trabalho integrado entre o setor público e privado para reduzir o índice de roubo a armas de fogo usadas pelos vigilantes.

A proposta foi apresentada pela Superintendente da Polícia Civil, Katarina Feitosa, durante reunião-almoço promovido ontem, no restaurante Armazém Bacco. Durante a reunião realizada pelo Sindesp/SE, o sindicato entregou à Superintendente e ao Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Maurício Iunes, documento com dados a do roubo de armas das mãos de vigilantes neste primeiro semestre de 2012.

Propostas - Entre as propostas sugeridas durante a reunião, que também contou com a presença de empresários do setor de segurança privada e do coordenador das delegacias da capital, Flávio Albuquerque, está a realização de oficinas ou workshop com o comando da PM para promover capacitação e treinamentos estratégicos para os seis mil homens que atuam no setor de segurança privada no estado.