Município de Rosário está em estado de calamidade pública, diz novo prefeito

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/01/2017 às 00:40:00

Já nos primeiros dias letivos da nova administração, entre os dias 02 e 03 de janeiro, o prefeito Etelvino Barreto e a nova equipe administrativa visitaram importantes pontos da cidade e se depararam com uma realidade assustadora.  Muito lixo espalhado em toda cidade, ruas esburacadas, prédios públicos deteriorados, espaços de lazer destruídos e documentos revirados.

Segundo o prefeito, o estado de conservação dos prédios públicos é péssimo, assim como os serviços públicos oferecidos à população.

 “Rosário encontra-se hoje deteriorada, em um verdadeiro estado de calamidade”, ressalta o prefeito.

Dentro do Balneário Municipal, espaço de lazer reconstruído na administração do prefeito Vino Barreto (2009-2012), hoje, encontra-se totalmente destruído, sem manutenção, acumulando lixo e se tornando abrigo para marginalidade, contribuindo para a insegurança da população.

Outro problema grave encontrado durante as visitas foi o lixo acumulado nas ruas e obras inacabadas.

 “Iremos trabalhar de verdade, pra isso o prefeito foi eleito. Neste momento é preciso ter paciência, fazer um mutirão de limpeza e organizar nossa cidade. Dar a atenção que nossa cidade precisa e merece, afinal, a população não pode ser refém desse caos”, afirma Epaminondas Barreto, atual secretário de Infraestrutura do município’.

Segundo Anderson Sales, secretário de Assuntos Jurídicos, este é um momento muito delicado. “Encontramos uma prefeitura sucateada, abandonada, com equipamentos defeituosos, computadores formatados/apagados, sem material de expediente. Tudo isso será levado às autoridades competentes. E mais, é notável que em apenas três dias de administração, já percebemos que o prefeito Etelvino Barreto já mudou o aspecto da limpeza das ruas. Pedimos neste instante a compreensão da população”, afirma o secretário.