Caixa pode patrocinar o Sergipão 2017

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/01/2017 às 00:29:00

Presidente da FSF entrega projeto ao superintendente regional

 

A presença da Caixa Econômica Federal como parceira e patrocinadora do Campeonato Sergipano de Futebol, está muito mais perto do que se pode esperar. Na manhã desta segunda-feira 9, o presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Milton Dantas foi recebido pelo superintendente Regional da Caixa em Sergipe, Marco Antônio Queiroz. Presente ainda, o assessor de comunicação da entidade, Bruno Brandão.

Na oportunidade, os interlocutores conversaram muito sobre esporte, sobre o crescimento do futebol sergipano e, principalmente sobre a presença da Caixa como maior patrocinadora do esporte brasileiro. Tanto Marco Antônio Brandão como Milton Dantas, vislumbraram a presença da Caixa como patrocinadora do Campeonato Sergipano de Futebol da Primeira Divisão.

- Essa visita é fruto da de nossas caminhadas à sede da Caixa em Brasília, quando estivemos reunidos com o presidente da entidade financeira, Gilberto Occhi, viabilizando um contrato de patrocínio.  Nos próximos dias acredito, esse contrato estará se materializando. Por isso estramos aqui, entregando a proposta e o plano de mídia, comemorou o presidente.

Depois de elogiar a presença da Caixa como parceira e patrocinadora, Milton Dantas entregou e Marco Antônio Brandão, uma proposta de patrocínio, o projeto de mídia da competição e a documentação necessária, para formalização do contrato.

- A Caixa é o maior patrocinador do esporte no Brasil. E nós temos em 2017 um ano de muita esperança e recuperação no Brasil. Por conta disso, recebemos a visita do Milton Dantas, que veio trazer uma proposta de patrocínio. Queremos que se essa parceria Caixa e Federação de Futebol se concretize, contribuindo para o desenvolvimento do futebol sergipano. É essa nossa expectativa e nossa palavra, para todos os desportistas sergipanos, concluiu Marco Antônio.