HU fará transplante de córnea nos próximos meses

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/01/2017 às 00:33:00

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) foi habilitado pelo Ministério da Saúde para realizar retirada e transplante de tecido ocular humano. Com isso, passará a ser o único hospital público do estado a realizar transplante de córnea. A expectativa é que ainda no primeiro semestre de 2017 ocorra o primeiro procedimento na instituição de saúde.

Para a superintendente do Hospital, Angela Silva, a autorização favorecerá a população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS). “Essa é mais uma conquista alcançada pelo HU. A proposta é beneficiar dezenas de usuários que aguardam por uma cirurgia como essa em Sergipe”, declara.

Já a chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do HU-UFS, enfermeira Genilde Oliveira, que é também membro da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (Cihdott) do Hospital, diz que a habilitação é um passo importante, mas é necessário também conscientizar as famílias dos doadores.

 

Conscientização - “Não basta termos uma instituição cadastrada para realizar a retirada e transplante de tecido ocular humano, é preciso que haja um maior número de doadores desse tecido, a população deve se sensibilizar, pois atualmente ainda existe muita recusa familiar quanto às doações”, lembra Genilde.

Ela conta que, para que o HU-UFS fosse habilitado, houve um trâmite burocrático que durou aproximadamente um ano, no qual documentos foram avaliados, houve uma vistoria da Central de Transplantes, entre outros processos. “Hoje o HU vem fazendo a captação do tecido ocular e encaminhando para o Banco de Olhos de Sergipe, que possui uma lista de espera com 197 pacientes. A ordem é seguida de acordo com a posição do paciente na lista ou com prioridades clínicas, além de critérios como idade, válido para crianças e idosos”, explica a enfermeira.