Em 2016, repasse do FPE para Sergipe cresceu 3,2%

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/01/2017 às 00:46:00

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), indicou que o repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para Sergipe, no ano passado, ultrapassou os R$ 2,8 bilhões. As transferências acumuladas do FPE, em 2016, cresceram 12,6% ante 2015, em termos nominais. No entanto, o crescimento real, descontado a inflação do período, medida pela IPCA, foi de 3,2%.

O repasse a todos os municípios sergipanos, através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), somou mais de R$ 1,1 bilhão, em 2016. Comparando-se com o ano anterior, 2015, o crescimento nominal, sem descontar a inflação, foi de 13,9%, entretanto, em termos reais, a alta foi de 4,5%.

O repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) ultrapassou os R$ 610,4 milhões, no ano passado. Em relação a 2015, a expansão do repasse, sem considerar o efeito da inflação, foi de 8,1%. No entanto, em termos reais, os repasses para a educação caíram 0,9%, em 2016.