Sindicato diz que BNB quer fechar agência de Itabaiana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/01/2017 às 00:26:00

“Todos os dias, notícias macabras contra os bancos públicos. Agora, as medidas de reestruturação chegaram ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB). O governo federal confirma o fechamento de 19 agências em todo o Nordeste. Em Sergipe, a proposta é fechar uma das duas agências do BNB na cidade de Itabaiana, a localizada na Avenida Luis Magalhães”. A informação é da presidenta do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE), Ivânia Pereira.

Para protestar e buscar apoio da sociedade, nesta sexta-feira (20), às 8h da manhã, o SEEB/SE fará uma manifestação em Itabaiana, na porta da agência alvo de fechamento. Segundo Ivânia Pereira, o protesto é contra a reestruturação que se inicia no BNB, a ameaça de fechamento de postos de trabalho e cortes de funções dentro do banco.

“A sociedade sergipana e em especial a comunidade de Itabaiana precisa reagir. Qualquer ameaça de fragilizar o BNB terá impactos relevantes naquela região. Estamos também atentos aos impactos financeiros e agravos nas condições de trabalho dos funcionários”, afirma.

A direção nacional do BNB declarou que não haverá demissões, mas sim “redistribuição dos quadros” e alega que “o atual contexto socioeconômico exige mudanças nas instituições financeiras, públicas e privadas”.

Ivânia Pereira rebate afirmando que “o Banco do Nordeste é uma instituição financeira que tem foco no desenvolvimento do Nordeste, contribuindo diretamente com empreendedores e famílias de pequenos e médios agricultores. Essa comunidade e setor agrícola precisam continuar contando com o suporte fundamental do BNB. Diferente, o governo federal e as diretorias dos bancos públicos querem enfrentar a crise com sacrifício dos trabalhadores, da sociedade e dos clientes. É preciso reagir a essa política de atraso e de desestruturação da nossa economia”, afirma a sindicalista.