Preso toma policial como refém e tenta fugir com uma viatura

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/01/2017 às 00:11:00

Um agente de polícia lotado na 4ª Delegacia Metropolitana (4ª DM), no Augusto Franco (zona sul), viveu momentos de terror na tarde de ontem. Ele foi rendido e seqüestrado por um detento que estava preso na carceragem da delegacia. Por volta das 15h30, o bandido pediu para ser levado ao pronto-socorro, alegando que estava passando mal, e foi colocado em uma viatura descaracterizada da unidade. Segundo a polícia, o agente dirigia sozinho e, ao chegar na porta do Hospital Municipal Fernando Franco, foi dominado pelo detento, que imobilizou-o com uma gravata, tomou sua pistola e encostou-a contra sua cabeça.

O policial, por sua vez, foi obrigado a dirigir a viatura na direção do Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), onde o criminoso foi preso na noite anterior, após ser flagrado com uma pistola. Pessoas que estavam na porta do hospital e viram a abordagem chamaram a polícia e avisaram do seqüestro. Todas as equipes das polícias Civil e Militar, além das guardas municipais de Socorro e Aracaju, foram alertadas da ocorrência passaram a fazer buscas em toda a cidade.

A viatura foi localizada 20 minutos depois em uma estrada de terra na altura do Conjunto Fernando Collor, em Socorro, por guardas municipais e soldados do Batalhão de Choque (BPChq). Houve um cerco e o detento saiu do carro sem o refém, tentando fugir por um descampado. Houve tiroteio e o bandido foi ferido no peito, sendo levado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e internado sob custódia. Até o fechamento desta edição, seu estado de saúde era grave. Por sua vez, o agente seqüestrado ficou abalado, mas não teve ferimentos e passa bem.