Ordem de serviço para a construção do Hospital do Câncer será assinada em 15 de fevereiro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/01/2017 às 00:40:00

A ordem de serviço para a construção do Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas será assinada no dia 15 de fevereiro e a obra terá um prazo de 36 meses para sua execução. As definições foram acertadas na manhã desta sexta-feira, 20, em uma reunião entre o governador Jackson Barreto, os secretários Conceição Mendonça (Saúde) e Valmor Barbosa (Infraestrutura) e representantes do consórcio Honcose, formado pelas empresa vencedoras do processo licitatório, a Pórtico Construções e a WVG Construções.

“A nossa preocupação em ter essa conversa com o consórcio tem um objetivo, que é definir um começo, um meio e um fim para obra. É uma obra que é um anseio da população e as cobranças ao Governo do Estado serão enormes”, declarou Jackson.

Orçado em R$ 62 milhões, o Hospital do Câncer contará com 170 leitos, sendo 20 deles destinados à UTI (dez pediátricos e dez adultos), 30 consultórios para quimioterapia, seis salas de centro cirúrgico, ambulatório de todas as especialidades, Centro de Tecnologia para Transplante de Medula, dois aceleradores lineares, dois bunkers, radioterapia, braquiterapia, ressonância, tomógrafo e radiografia.

De acordo com a secretária Conceição Mendonça, a unidade funcionará como porta de urgência para pacientes oncológicos. “Todos os pacientes oncológicos com complicações terão acesso direto, onde nós temos inúmeras especialidades e médicos emergencistas. Só em equipamentos serão investidos R$50 milhões e já vamos começar a ver a questão de alguns custeios via Ministério da Saúde”, adiantou.

“É uma obra de grande porte e extremamente importante em um momento de crise. No pico da obra, contaremos com 300 operários, dentre terceirizados e funcionários”, explicou o diretor-superintendente da Pórtico Construções, Sérgio Fogal Mancinelli Junior.

 

Terraplenagem - Com recursos do Proinveste, o Governo do Estado já realizou as obras de terraplenagem do Hospital do Câncer, um investimento de R$ 14.915.351,32.

 

Novo bunker - O tratamento oncológico no Estado também contará com um novo espaço onde será instalado o novo acelerador linear do Hospital de Urgência de Sergipe - Huse, o novo bunker, que está em construção. O investimento é de R$ 2.129.997,03 (recursos do Ministério da Saúde). Com a construção do bunker, o Centro de Oncologia do Huse receberá mais um equipamento de radioterapia que irá juntar-se ao atual aparelho 3D, instalado há mais de 16 anos.