Advogado é preso acusado de agredir e estuprar a esposa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/01/2017 às 00:47:00

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) confirmou ontem à tarde a prisão do advogado José Cássio Santos, 40 anos. Ele foi detido em um condomínio de alto padrão na zona sul de Aracaju, após ter a prisão preventiva decretada pelo Juizado de Violência Doméstica da Comarca de Aracaju. Cássio é acusado de ter estuprado e agredido a própria esposa, no último domingo, em um quarto de motel da cidade de Ribeirópolis (Agreste). O caso foi investigado por uma equipe do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), que confirmou a denúncia apresentada pela família da vítima.

De acordo com a delegada Renata Abreu de Aboim, responsável pela delegacia de Proteção à Mulher do DAGV, o advogado levou a esposa ao motel, agrediu-a com muita violência e forçou a vítima a manter relações sexuais com ele, mesmo sem o consentimento dela. Os familiares denunciam que Cássio chegou a dar vários chutes contra a vagina da vítima, causando-lhe uma lesão grave, e continuou apanhando dele ao longo da viagem de volta que ambos fizeram até Aracaju. A mulher ficou quatro dias internada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), sendo encaminhada em seguida à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL).

A delegada Renata Aboim confirmou ainda que o estupro e as lesões foram confirmadas por exames do Instituto Médico-Legal (IML), cujos resultados, além dos relatórios médicos da paciente, motivaram o pedido de prisão preventiva contra o advogado. Segundo ela, José Cássio já tem passagem pelo sistema prisional, respondendo a processo pelo mesmo crime. O acusado prestou depoimento por toda a tarde na sede do DAGV e negou todas as acusações. (Gabriel Damásio)