A onda de arrombamentos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/01/2017 às 00:01:00

Rita Oliveira

 

A onda de arrombamentos

 

No final de dezembro, faltando poucos dias para o final da trágica gestão do prefeito João Alves Filho (DEM), foi exibido nas redes sociais um vídeo com uma pessoa pegando por uma das janelas da sede da prefeitura vários documentos e colocando em um veículo.  

Logo no começo da gestão do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) a sede da Secretaria Municipal de Saúde foi arrombada na calada da noite, tendo sido levado apenas documentos do órgão.

Na noite desse domingo para segunda-feira o fato voltou a se repetir, só que desta vez na sede da Funcaju. Houve arrombamento somente no local dos arquivos dos documentos.

Atos como esses em final de gestão e início de uma nova gestão são suspeitos. Deixam transparecer para a população que pessoas da equipe do ex-prefeito estão querendo esconder algum mal feito, ou melhor dizendo, algum tipo de falcatrua.

Até porque está bem vivo na cabeça das pessoas o vídeo que circulou nas redes sociais, bem antes das eleições, em que o então vice-prefeito José Carlos Machado (DEM) declarou que a “equipe de João Alves só pensava em roubar e ele tá cagando para isso”.

Sabe-se que a polícia civil está investigando os dois arrombamentos, com retiradas de documentos, da Saúde e da Funcaju. A sociedade espera que a polícia chegue aos culpados e, inclusive, aos mandantes do crime de arrombamento a um patrimônio público, com roubo de documentos públicos talvez com o objetivo de esconder algum ato de corrupção.

A sociedade também aguarda pelo resultado da Operação Desmonte, na Prefeitura de Aracaju, desenvolvida pelo Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público. Os comentários são de que a operação identificou improbidades administrativas em pelo menos três secretarias e que um desses secretários chegou a desmaiar quando soube que suas falcatruas foram desnudadas.  

A polícia não só precisa identificar logo os arrombadores e colocar na cadeia, como os novos gestores precisam se precaver para evitar que os órgãos que estão comandando também venham ser arrombados em um futuro próximo.

...................................................................................... 

 

Probabilidade

Informações chegadas à coluna dão conta que o novo secretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciências e Tecnologia (Sedetec) deve ser Hugo França, diretor da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio). A indicação é do deputado federal Laércio Oliveira (SD), que é o atual presidente da Fecomércio.

 

Descartado

Ainda segundo a fonte, Láercio teria sugerido ao governador Jackson Barreto (PMDB) um outro nome para a Sedetec, o de Alexandre Porto, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese). Mas JB teria vetado pelo fato de Porto ter apoiado a candidatura de Valadares Filho (PSB) a prefeito de Aracaju em 2016.

 

Na Fundação

O atual diretor presidente da Codise, Rosman Pereira, deve assumir o comando da Fundação de Saúde por indicação pessoal do governador Jackson Barreto. Rosman é um técnico e funcionário de carreira do Estado, com graduação em Administração, gestão de crise e gestão de pessoal.

 

Baixo assinado

Funcionários da Codise estão querendo fazer um abaixo assinado para encaminhar para o governador pedindo que Rosman não deixe o comando da empresa pelo bom trabalho que vem desenvolvendo em favor da Codise e do desenvolvimento econômico e social do estado.

 

Na Codise

Se confirmando a ida de Rosman Pereira para a Fundação de Saúde, quem deve assumir o comando da Codise é o ex-deputado federal Bosco Costa (Pros). Bosco, que já fez parte do governo como diretor presidente do Detran, retorna para a base governista após apoiar a eleição de Valadares Filho. Ele é mais uma aquisição do governador Jackson Barreto (PMDB), que vem esvaziando a oposição em Sergipe.

 

O voto da bancada

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), conseguiu na Justiça o direito de disputar a reeleição. De Sergipe, ele deverá ter os votos dos deputados federais Fábio Reis (PMDB), Fábio Mitidieri (PSD), Valadares Filho (PSB), Jony Marcos (PRB), Laércio Oliveira (SD) e João Daniel (PT). Já o seu adversário, o deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO), deverá ter apenas o apoio de André Moura (PSC) e Adelson Barreto (PTB).

 

Campanha em Sergipe

Tanto Rodrigo Maia quanto Jovair Arantes estiveram em Aracaju na semana passada em busca de apoio da bancada federal de Sergipe. Hoje a maré está a favor de Maia.

 

Na Petrobras

A pedido do presidente Michel Temer, o governador Jackson Barreto foi recebido ontem pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente. Na oportunidade, discutiu o prejuízo que os cofres do governo do estado vem tomando pelo não pagamento de ICMS na venda do gás e de uma causa que tramita na Justiça há cerca de dez anos, que beneficia o governo do Estado.

 

Fechando os nomes

Jackson voltou ontem à tarde a Sergipe, quando tinha reunião agendada com os deputados federais Laércio Oliveira (SD) e Jony Marcos (PRB). Na pauta, bater o martelo sobre a indicação dos nomes dos partidos para compor a equipe de governo na reforma administrativa que anunciará na manhã dessa quinta-feira.

 

Mais um cargo

O PRB, que perdeu a Sedetec para o SD, já emplacou o ex-prefeito de Canindé do São Francisco, Heleno Silva, no escritório de representação de Sergipe em Brasília. Pleiteia ainda a Adema.

 

Posse

Na manhã de hoje o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) dará posse ao desembargador aposentado Netônio Bezerra Machado como procurador-geral do município de Aracaju.  Será às 8h, em solenidade no auditório do Centro Administrativo José Aloísio de Campos.

 

Mais na frente

Na oportunidade, Edvaldo anunciará o novo comandante da Guarda Municipal. Até a próxima semana o prefeito deve anunciar os novos secretários municipais de Planejamento e Indústria e Comércio. Ele ainda analisa os nomes para as duas pastas.

 

IPTU

Até o dia 30 de janeiro Edvaldo baixará decreto criando a comissão que tratará da revogação do aumento abusivo do IPTU concedido pelo então prefeito João Alves (DEM) até o ano de 2022. A comissão terá 90 dias para concluir os trabalhos.  Coma conclusão dos dados o prefeito encaminhará para a Câmara Municipal o projeto de lei revogando o aumento de mais de 400% do IPTU.

 

Operação Indenizar-se 1

A Justiça negou ontem habeas corpus para que fossem revogados as prisões domiciliar do advogado Alcivan Menezes e os dois filhos, acusados na Operação Indenizar-se de fraudar documentos de serviços não prestados, como locação de veículos, a vereadores de Aracaju da gestão passada. Vereadores pagavam pelas notas fraudulentas com dinheiro de verbas indenizatórias da Câmara Municipal, que recebiam mensalmente na ordem de R$ 15 mil.

 

Operação Indenizar-se 2

Na 2ª Câmara Criminal de Justiça o desembargador relator do processo, Diogens Barreto, votou pela manutenção das prisões domiciliar. Teve pedido de vistas, devendo a decisão final ficar para a próxima sessão da Câmara, na semana que vem.  

 

 

Veja essa...

Chegou à coluna a informação de que o governador Jackson Barreto teve uma discussão acalorada com um determinado secretário ao comunicá-lo que queria o seu cargo na reforma administrativa. Não gostando, o auxiliar teria dito que não se importava em deixar a pasta porque o cargo era do governador, mas não sairia como incompetente, que se fosse para sair como incompetente diria a razão. 

 

CURTAS

 

A criação do Núcleo de Combate a Crimes de Racismo e Intolerância Religiosa em Sergipe, implantado no Departamento de Apoio a Grupos Vulneráveis (DAGV), foi tema de discussão na manhã de ontem entre o vice-governador Belivaldo Chagas e a representante do Ministério da Justiça e Cidadania, Luislinda Valois.

 

O objetivo da unidade é que crimes dessa natureza sejam registrados, denunciados e investigados em local específico, de modo que os cidadãos que se sintam lesados, ao invés de se dirigir à delegacia da região, busquem o núcleo de atendimento especializado.

 

No dia 05 de fevereiro o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, estará em Aracaju para apresentar o Plano Nacional de Segurança Pública.

 

O ministro, ao lado do governador Jackson Barreto, explicará como será empregada a Força Nacional de Segurança Pública em Sergipe e revelará qual a previsão da chegada dos 120 policiais da Força Nacional, além da forma como eles atuarão ao lado de mais 240 policiais sergipanos.

 

Na próxima segunda-feira estará na capital sergipana o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e a presidente nacional da Codevasf, Kênia Marcelino. Na sede da Codevas, em Aracaju, eles vão anunciar medidas de combate à seca no Estado.

 

 

 

Foto legenda – MMACEDO

 

 

 

Mediante a proximidade das eleições direta do PT a nível municipal e estadual,que acontece nesse primeiro semestre, o secretário nacional de Finanças do partido, ex-deputado federal Márcio Macedo, vai procurar o presidente estadual Rogério Carvalho buscando a unidade da legenda. Para Márcio, nessa atual conjuntura é preciso superar as divergências para que consigam fazer a “travessia” do governo Michel Temer. “O PT é maior que todos nós”, disse Márcio, que, inclusive, tem seu nome cotado para ser candidato a presidente nacional do partido caso o ex-presidente Lula não se candidate.  O seu nome aparece ao lado dos petistas Jaques Wagner e Humberto Costa.