Churrascaria da orla volta a funcionar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/01/2017 às 00:52:00

Milton Alves Júnior

Peritos do Corpo de Bombeiros trabalham com a hipótese de apresentar já na próxima semana um laudo parcial que pode transcrever os reais motivos que geraram o princípio de incêndio no restaurante Sal e Brasa, localizado na Orla de Atalaia. Conforme avaliação prévia, uma pane no sistema de extração da fumaça teria ocasionado o sinistro que assustou clientes e populares que presenciaram a nuvem de fumaça formada nos arredores do estabelecimento. O fato ocorrido na noite da última quarta-feira, 25, se assemelha com o caso registrado no dia 02 de maio de 2014 na unidade Burger King, situado na avenida Silvio Teixeira, anexo ao Shopping Jardins.

Sem registro de vítimas, a direção do Sal e Brasa informou que as chamas tiveram início na área da churrasqueira e imediatamente passaram para a chaminé do estabelecimento. Para atender a ocorrência o comando geral do Corpo de Bombeiros encaminhou para o local duas unidades operacionais, as quais conseguiram controlar o fogo em menos de uma hora de atuação. Na tentativa de evitar feridos e óbitos, a direção do restaurante - assim que conferiu a vulnerabilidade da situação -, determinou que os funcionários evacuassem o prédio juntamente com as dezenas de clientes que jantavam no espaço. O local voltou a ser ocupado por parte dos servidores apenas na madrugada de ontem.

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Carlos Pereira, é possível que o acúmulo de gordura removido das carnes e acumuladas nas tubulações do extrator tenham contribuído diretamente para a abrangência do sinistro. Com o fogo devidamente controlado, técnicos da corporação entraram no estabelecimento e perceberam que o local possui atestado de regularidade em dia, inclusive com sistema de hidrantes em pleno funcionamento. A regularidade das exigências feitas pelos órgãos de fiscalização e segurança do consumidor contribuíram para minimizar o problema. O laudo completo será apresentado em até 30 dias a contar da noite do incêndio.

Por meio de nota emitida pelo Grupo Sal e Brasa, foi informado que: "Graças a pronta ação e o trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros, felizmente os danos foram apenas materiais, não atingindo nenhum dos componentes de nossa equipe ou clientes. Diante da normalização do problema, o restaurante continuará prestando os seus serviços normalmente à população sergipana”. Presente no momento do pânico, o publicitário Igor Ferrari Pereira informou ao Jornal do Dia que muitas pessoas saíram correndo da área interna do restaurante carregando apenas os pertences pessoais que conseguiram capturar assim que perceberam a irregularidade.