Ladrões desligam sistema e arrombam caixas de banco

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 31/01/2017 às 08:56:00

Gabriel Damásio

 

Um assalto que só foi descoberto na manhã de ontem intriga a polícia sergipana. A agência do Banco Santander na Avenida Francisco Porto, bairro 13 de Julho (zona sul de Aracaju), foi arrombada no último final de semana por criminosos que conseguiram levar uma grande quantia em dinheiro. Segundo a polícia, a invasão teria acontecido durante a madrugada do sábado ou do domingo, mas o crime só foi descoberto às 8h de ontem, quando um funcionário chegou para trabalhar e percebeu que os três caixas eletrônicos da agência estavam com os cobres abertos.

O funcionário comunicou o incidente à Polícia Militar e disse estar desconfiado de que outras pessoas estivessem dentro do Santander. Várias viaturas foram enviadas ao local, mas ninguém foi encontrado. Em seguida, chegaram equipes da Polícia Civil e do Instituto de Criminalística, que passaram a manhã realizando uma perícia detalhada em todo o imóvel. As câmeras de segurança da agência também foram analisadas. Um primeiro detalhe intrigou os investigadores: nenhuma porta ou janela do banco foi quebrada, nem tampouco foram utilizados quaisquer explosivos, já que as máquinas estavam praticamente intactas. E nem mesmo os moradores vizinhos ouviram qualquer barulho estranho vindo do local.

De acordo com fontes policiais, a suspeita inicial é de que os desconhecidos teriam desligado a energia elétrica ou o sistema de alarmes de segurança do banco, o que permitiu a invasão e o roubo. As mesmas fontes dizem que aproximadamente R$ 100 mil em dinheiro foram levados pelos bandidos, mas o valor não foi confirmado pela direção do Santander. O caso já começou a ser investigado pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), que preferiu não passar informações sobre o caso, para preservar o andamento das investigações.

Durante todo o dia, o expediente na agência foi suspenso e os clientes que lá chegavam se deparavam com as portas fechadas e marcadas com dois cartazes escritos à mão, os quais diziam “Agência sem sistema” e “Indisponível temporariamente”. A assessoria do Santander não respondeu ao e-mail enviado ontem à tarde pela reportagem do JORNAL DO DIA. No entanto, a outros veículos, informou apenas que está colaborando com as investigações policiais. Os clientes da agência invadida estão orientados a buscar atendimento nas unidades do banco na Travessa José de Faro e na Avenida Barão de Maruim, ambas no Centro.

Esta foi a segunda ocorrência de invasão de agências bancárias em Aracaju, mesmo sem uso de armas ou explosivos. Na sexta-feira passada, desconhecidos arrombaram uma agência do Banco do Brasil na Avenida Mário Jorge, bairro Coroa do Meio (zona sul), após arrancarem as grades de uma janela dos fundos do prédio. Eles cortaram o cofre da agência com um maçarico e reviraram as gavetas das salas. O crime também é investigado pelo Cope.

-