Secretário de Governo lamenta agressividade contra o prefeito

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 01/02/2017 às 00:05:00

O secretário municipal de Governo de Aracaju, Carlos Cauê, se mostrou surpreso com as declarações do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Clóvis Barbosa, dadas à imprensa nesta terça-feira (31), a respeito de supostas afirmações do prefeito Edvaldo Nogueira. Ele lamentou o grau de agressividade contra o gestor municipal.

“Desconheço qualquer tipo de declaração do prefeito Edvaldo Nogueira naquela direção ou qualquer atitude de Edvaldo que possa ter ensejado esse episódio”, afirmou Carlos Cauê.

Ele ressaltou que a Prefeitura de Aracaju e o Tribunal de Contas do Estado têm uma relação institucional civilizada e que isto deve ser preservado. “Não é necessário usar de expedientes indiretos para esclarecer situações. Nos surpreendeu o nível de agressividade contra o prefeito Edvaldo Nogueira, que é uma pessoa cordata, muito educada e não afeita a grosserias e bravatas”, ponderou.

Cauê fez ainda um chamamento à união pela reconstrução da cidade. “A administração municipal e a cidade de Aracaju sofreram durante quatro anos, e é hora de recuperar o tempo perdido e as conquistas desperdiçadas. O momento é de união e bom senso e o prefeito tem procurado fazer a sua parte, retomando o cuidado com a cidade e avançando, a olhos vistos, para a regularização dos salários dos servidores. É preciso que todos se somem neste enorme esforço de reconstrução da cidade. Ao meu ver, não é momento de qualquer outra coisa que não seja a priorização dos interesses dos aracajuanos”, reforçou.