Autoridades homenageiam Marisa Leticia Lula da Silva

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/02/2017 às 00:07:00

Autoridades homenageiam Marisa Leticia Lula da Silva

 

Políticos sergipanos se manifestaram ontem sobre a morte cerebral da ex-primeira-dama do Brasil, Dona Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos, nesta quinta-feira, após o anúncio de que os médicos responsáveis pelos seus cuidados detectaram, por meio de exames, que não havia fluxo cerebral na ex-primeira-dama. Dona Marisa Letícia Lula da Silva estava internada desde o dia 24 de janeiro, na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, devido a um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.

Governador Jackson Barreto:

“É com pesar e tristeza que recebo a notícia da morte cerebral da ex-primeira-dama do Brasil, Dona Marisa Leticia Lula da Silva, que nos deixou na manhã desta quinta, 2 de fevereiro. Sua trajetória, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deixou uma marca para nosso povo, de uma mulher forte que soube superar dificuldades em momentos marcantes da história de nosso país. Que Deus a receba e conforte seus familiares, amigos e admiradores. Em nome do povo sergipano, envio votos de pesar e solidariedade ao amigo e ex-presidente Lula ”, disse Jackson.

Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracaju:

“Lamento a morte de Dona Marisa, uma mulher batalhadora, que esteve sempre ao lado do ex-presidente Lula dando o apoio necessário para o cumprimento da sua jornada. Foi também uma mulher independente, que lutou pela afirmação dos direitos da mulher, e cumpriu bem o seu papel político. Solidarizo-me com o ex-presidente Lula nesta hora de dor. Sei da forte ligação que existia entre eles e do laço que os unia. Estendo ainda minha solidariedade aos filhos, demais familiares, amigos e admiradores.”

Deputado federal João Daniel:

“Nesse momento de extrema tristeza, gostaríamos de deixar registrado nosso pesar pela morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, ocorrida na manhã desta quinta-feira, dia 2 de fevereiro de 2017. Dona Marisa foi a primeira mulher trabalhadora, uma operária a ser primeira-dama no Brasil. Tive a oportunidade de conhecê-la, de estar por várias vezes com ela e sempre pudemos admirar seu companheirismo ao longo de uma convivência de mais de 40 anos ao lado do companheiro Luiz Inácio Lula da Silva.

 Todos que a conheceram e tiveram a oportunidade de conviver com ela sabem o quanto dona Marisa era uma grande mulher, da mais alta simplicidade. Dona Marisa foi uma vítima de uma das mais tristes perseguições da história do Brasil, pelos setores conservadores, reacionários, através de todo tipo de ataque a ela, a Lula e a sua família, que não respeitaram nem esse momento de dor vivido por todos nos últimos dias. Através de mentiras, calúnias e perseguições, Marisa Letícia ficará na história para nós como um exemplo de militante e de mulher que engrandece todo povo brasileiro, em especial o nosso partido, o Partido dos Trabalhadores, e a militância social”

-

Deputada estadual Ana Lúcia:

“É com um aperto no peito que expresso meu imenso pesar pelo falecimento da companheira Marisa Letícia Lula da Silva, fundadora do Partido dos Trabalhadores e que esteve ao lado do ex-presidente Lula por mais de 40 anos. Minha solidariedade a toda a família de Dona Marisa, a seus filhos, amigos, e em especial ao companheiro Lula, que dividiu seus sonhos, sua trajetória pessoal e política, e sua vida com esta mulher aguerrida e forte.

Ao sucumbir ao Acidente Vascular Cerebral hemorrágico que a vitimou, após 10 dias de internação, Marisa Letícia foi vítima flagrante dos ataques protagonizados pela direita inescrupulosa do nosso país, num dos episódios mais tristes de perseguição e sucessivas calúnias da história do Brasil. Diagnosticada com um aneurisma há cerca de 10 anos, Dona Marisa foi morta pela pressão a que foi submetida: a pressão da caça a Lula; a pressão das mentiras insistentemente repetidas com o intuito de manchar e destruir sua trajetória de dignidade, de seu companheiro e de sua família; a pressão motivada pelo preconceito contra um operário que se tornou o maior líder popular de uma nação e que chegou à presidência; e, sobretudo, a pressão motivada pelo medo ante as transformações implementadas por um governo democrático, popular e de esquerda, liderado pelo PT e por Lula.

Mais do que companheira de Lula, Marisa Letícia foi uma verdadeira militante e nos mostrou, nos momentos mais difíceis, sua força e determinação: organizou outras mulheres que se uniram ao movimento sindical na região e nunca deixou de estar ao lado de Lula nas greves, nas lutas, nas campanhas eleitorais. Fundadora e do Partido dos Trabalhadores, ela teve papel fundamental na sustentação do partido, sobretudo no momento de sua formação: abriu sua casa para as reuniões do núcleo petista que começava a se organizar, além de ter sido responsável pela confecção, à mão, da primeira bandeira do Partido dos Trabalhadores. Ao costurar a estrela, nosso símbolo maior, Marisa teceu a estrela guia da militância, a estrela que inspirou e permanece inspirando os que construíram nosso partido ao lado do povo humilde e trabalhador, os que nutriam e nutrem esperança na transformação social, os que conceberam o partido como uma unidade de resistência e forças para enfrentar as desigualdades sociais, para lutar por direitos e por uma vida justa para os oprimidos e excluídos. Não deixaremos o brilho da estrela ser apagado.”

-

 

Militância e diretório estadual do PT homenageiam Marisa Letícia nesta sexta

 

A militância petista e o Diretório do Partido dos Trabalhadores de Sergipe realizarão, nesta sexta-feira, 03, uma homenagem a Marisa Letícia Lula da Silva, companheira do ex-presidente Lula, que faleceu nesta quinta-feira, 02, e em solidariedade a toda Família Lula da Silva.

A partir de meio dia, a militância e os simpatizantes do partido estarão em vigília na sede do PT, localizado na Av. Gonçalo Prado Rolemberg, 972 - Centro, Aracaju – SE. Após a vigília, será realizado um Ato Ecumênico em frente a sede do partido. Vale lembrar que o trânsito será interditado no trecho da Av Gonçalo Prado Rollemberg, entre as Ruas de Maruim e Estância.

“Nós vamos prestar nossa última homenagem à companheira Marisa Letícia e nossa solidariedade a sua família, seus amigos e, em especial, ao companheiro Lula, que dividiu seus sonhos, sua trajetória pessoal e política, e sua vida com esta mulher aguerrida e forte”, destaca a deputada estadual Ana Lúcia, vice-presidente do diretório do PT.

-