Comissão de Inquérito de Aracaju fortalece atuação em parceria com CGU

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/02/2017 às 00:44:00

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Aracaju e a Controladoria Geral da União (CGU) vai modernizar e fortalecer a atuação da Comissão Permanente de Sindicância e Inquérito Administrativo (CPSIA) do município, setor ligado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog). A iniciativa permitiu a implantação do sistema informatizado - CGU-PAD - que vai digitalizar os processos e dar celeridade às investigações. O sistema está sendo adaptado ao trabalho da CPSIA e a previsão é que seja habilitado para uso no mês de março.

Na avaliação da procuradora do município, Karine Machado, atual presidente da Comissão, a adesão da Prefeitura de Aracaju ao Programa de Fortalecimento da Atividade Correcional do órgão federal é uma evidente demonstração de comprometimento com uma gestão transparente, eficiente e intransigente com a prática de ilícitos de qualquer natureza. Além de Aracaju, somente o município de São Paulo já instalou e opera o sistema.  

"O CGU-PAD é uma ferramenta importante na gestão dos procedimentos disciplinares e permite uma consolidação de dados no que diz respeito aos ilícitos funcionais praticados no âmbito municipal. Possibilita um planejamento das ações governamentais com foco no que demanda mais atenção, como a seleção de processos com maior relevância para acompanhamento mais detalhado e consolidação de um banco de antecedentes funcionais de servidores", destaca a presidente.

A Comissão de Inquérito de Aracaju apura as irregularidades no serviço público municipal e indica as providências administrativas aplicáveis. Conta atualmente com cinco membros, todos servidores efetivos estáveis, e atua em todos os órgãos da administração municipal, com exceção da Secretaria da Educação, Guarda Municipal e Procuradoria, que possuem corregedorias próprias. O setor está localizado no centro administrativo Prefeito Aloísio Campos.

-