Edvaldo: utilizar o brasão como marca é ato de civilidade, ética e respeito

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/02/2017 às 00:09:00

O brasão oficial da prefeitura de Aracaju passa a ser a identificação padrão da administração municipal. O anúncio da medida foi feito nesta segunda-feira (6), pelo prefeito Edvaldo Nogueira, em evento realizado no Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. Também foi divulgado o slogan da gestão: “Reconstruindo a Qualidade de Vida”. Edvaldo assinou ainda uma proposta de emenda à Lei Orgânica, que será enviada à Câmara de Vereadores, que torna perene a obrigatoriedade da adoção do brasão pela gestão municipal.

“Estamos inaugurando uma nova época. Pela primeira vez, um prefeito adotará o brasão como logomarca da administração. Estamos adotando assim o símbolo oficial da cidade, que é uma marca sóbria e bonita, o que faz com que cumpramos o que determina a Constituição, quando se refere à impessoalidade da administração”, afirmou o prefeito.

Ele explicou que o seu desejo era de uma marca que “representasse a cidade”. “Todo prefeito que chegava colocava sua marca e cores. Muitas vezes, era uma marca muito pessoal, até mesmo com características partidárias e ideológicas, então isso precisava ser mudado. O que estamos fazendo agora é uma mudança de mentalidade. Foi uma sugestão minha. A cidade é de todos, então nada melhor do que utilizar o brasão. Aracaju está dando um grande passo do ponto de vista da civilidade, democracia, respeito e ética à coisa pública”, reforçou.

O prefeito ainda pontuou que a utilização do brasão gerará economia. “A mudança de marca gerava despesas desnecessárias. Vamos começar a utilizar na internet, nos documentos, e, paulatinamente, pelos próximos quatro anos, a nova identidade visual da prefeitura será adotada nos prédios. Não haverá gastos neste momento para alterar a marca dos prédios”, esclareceu.

O secretário municipal da Comunicação Social, Luciano Correia, avalia que “a transformação do brasão em marca definitiva e perene do ente político municipal e todas as suas instâncias, é uma iniciativa cidadã, republicana e que caracteriza esse primeiro mês da gestão de Edvaldo Nogueira no fortalecimento da institucionalidade”.

Para reafirmar sua disposição em tornar o brasão como marca da prefeitura, Edvaldo assinou, durante a solenidade, uma proposta de emenda à lei orgânica, que será analisada pela Câmara. Pelo projeto, a administração pública municipal deve adotar, de modo perene, o brasão oficial como símbolo, identidade visual da gestão, logomarca, logotipo ou padrão de identificação dos bens públicos, uniformes, placas de publicidade, obras, veículos oficiais, nas publicações oficiais e em toda ação ou atividade administrativa. Como se trata de uma emenda à lei orgânica, a proposta tem importância superior, pois exigirá o voto de 16 dos 24 vereadores (dois terços), e não maioria simples. A proposta de emenda ainda estabelece que o uso do slogan da gestão é permitido, desde que associado e simétrico ao brasão.