Presos três acusados por tráfico e roubo em Estância

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/02/2017 às 07:00:00

Agentes da Delegacia Regional de Estância realizaram duas operações que resultaram na prisão de Lucas Nascimento Santos, de 24 anos, pelo crime de tráfico de drogas; e do casal Danilo de Oliveira Santos e Edineide Ribeiro dos Santos, acusados de roubar mediante emprego de violência um idoso de 81 anos. Ambos os casos ocorreram em Estância (Sul).

Em relação à prisão de Lucas, o delegado responsável pelo caso, Hugo Leonardo, relatou que a ação teve início após denúncias anônimas informando que o suspeito estaria comercializando pedras de crack em frente a uma residência situada na rua H, bairro Santo Antônio, localidade conhecida como Pombal.

Imediatamente os policiais seguiram em direção ao local, onde avistaram o denunciado e sua companheira na porta de casa. Ao perceber a presença dos agentes, Lucas acabou correndo pelos fundos da casa, mas foi alcançado e preso. Em seu poder, foram apreendidas 15 pedras de crack e a quantia de R$50,00 provenientes do tráfico de drogas.

Em seu interrogatório, Lucas confessou o crime e disse que já havia vendido a maior parte do entorpecente que estava em seu poder. De acordo com o delegado Hugo Leonardo, o investigado será indiciado pelo crime de tráfico de drogas, cuja pena máxima pode chegar a 15 anos de reclusão.

 

Roubo a idoso – Na mesma manhã, os agentes prenderam Danilo e Edineide, acusados de roubar o dinheiro referente à aposentadoria de um senhor de 81 anos de idade, morador do Povoado Candeal, em Estância. Segundo a delegada Clarissa Lôbo, o crime contra o idoso ocorreu durante a madrugada, momento em que os criminosos invadiram a casa do aposentado. “Ao entrar na residência, Danilo acabou imobilizando o idoso com um golpe conhecido como “gravata”, jogando-o no chão. Sua companheira Edineide aproveitou o momento para procurar o dinheiro das vestes do aposentado de maneira tão violenta, que rasgou a calça da vítima. Eles roubaram a quantia de R$500,00 e fugiram”, explicou.

Ao tomar conhecimento do crime, os agentes seguiram em direção ao Povoado Candeal, onde prenderam o casal em sua residência. Na ação foram recuperados R$400,00 e um aparelho de som comprado com o dinheiro do delito. De acordo com Clarissa Lôbo, ambos serão indiciados pelo crime de roubo majorado, cuja pena máxima pode chegar a 15 anos de reclusão para cada um deles. (da SSP)