Luciano Bispo: Pesquisa sobre 2018 é coisa de quem não ter o que fazer!

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/02/2017 às 00:10:00

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, foi entrevistado nesta segunda-feira (13), pelo radialista George Magalhães, na FAN FM, e durante a conversa com o apresentador e os ouvintes falou sobre vários temas, como a política e as questões administrativas do estado de Sergipe. “Quero iniciar aproveitando o espaço para parabenizar os alunos e todos os servidores do colégio estadual Nestor Carvalho, em Itabaiana, pelo excelente resultado nas aprovações da UFS, sendo inclusive um desses alunos, de 16 anos, o primeiro colocado no curso de medicina. Isso nos deixa muito felizes, enquanto itabaianenses e sergipanos”, comemorou Luciano Bispo.

Quando foi questionado sobre uma pesquisa de intenção de votos para governador e senador, cuja eleição somente acontecerá em outubro de 2018, Luciano Bispo respondeu fazendo uma pergunta ao radialista, “Vá perguntar ao povo o que acha de se fazer uma pesquisa pra uma eleição em 2018, agora, em fevereiro de 2017, com quase dois anos de antecedência”, questionou, e completou, “George, quando o cidadão vê uma coisa dessas, fica é revoltado e dizendo, olhe ai o que os políticos estão pensando, em eleição. O que nós devemos pensar nesse momento é em governar esse Estado, oferecer aos cidadãos as melhorias que todos nós precisamos, falar de eleição agora é coisa de quem não tem o que fazer” e completou, “Eu mesmo não me preocupo nenhum segundo com isso, se a Oposição quer pegar esses números pra ir dizer a população que já ganhou o governo e até atrair lideranças. Eles já fizeram isso de 2010 até 2014, e perderam a eleição. O povo tem juízo”, afirmou Luciano Bispo.

Ao falar sobre os problemas enfrentados pelos sergipanos, Luciano chamou a atenção para a questão da forte seca que estamos enfrentando, a qual inclusive, neste ano, não afeta somente aos moradores da região do alto sertão. “Em Itabaiana, e todo o agreste, nós também estamos sentindo os efeitos da estiagem. A sorte de Aracaju é a barragem do rio Poxim!, construída por Marcelo Déda, que está aliviando o problema na capital”. Sobre a ida de prefeitos à Brasília na semana passada, o deputado estadual disse que estava presente e o que viu foi o governador Jackson Barreto cobrar do Ministro ações efetivas para ajudar os prefeitos, enquanto a Oposição se preocupou apenas em elogiar o governo federal, pra dizer que tem prestígio no governo do presidente Temmer.

Sobre quais as conquistas para Itabaiana, o deputado estadual informou que além das obras importantes, como o novo CEASA e a rodovia que liga a BR235, com a BR101, que irá beneficiar todos da região agreste e do sertão de Sergipe, o governo de Jackson Barreto, numa luta do seu mandato, tem investido no saneamento básico, e a na construção do novo ginásio de esportes, “um dos mais modernos da região nordeste, que já está sendo construído e logo o entregaremos ao povo de minha cidade”.  Bispo anunciou ainda a conquista de R$ 2 milhões para a construção da sede própria do Corpo de Bombeiros na cidade serrana, que serão somados aos mais de R$ 200 milhões já em andamento.

Perguntado por um ouvinte sobre a situação dos deputados suplentes, Adelson Barreto Filho, Tijoi, e Daniel Fortes, que estão numa disputa jurídica para ocuparem uma das cadeiras do parlamento estadual, Luciano Bispo foi enfático, “Eu não tenho o poder de decidir quem assume ou quem fica de fora. Essa é uma decisão do Poder Judiciário, e eu estou apenas aguardando a decisão dos magistrados. O que a Justiça decidir, eu cumpro, de imediato”. O presidente lamentou que uma onda de boatos, gerados a partir de interesses politiqueiros tente imputar a ele, o poder de decisão neste caso.