Operação do Cope em Lagarto termina com dois mortos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/02/2017 às 00:08:00

Agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil (Cope) deflagraram uma operação no final da tarde de ontem em Lagarto (Centro-Sul), com o objetivo de prender foragidos ligados ao tráfico de drogas na região. Durante as buscas, os investigados Clério David da Paz, 24 anos, e Mário Márcio da Silva, 33, reagiram ao cerco dos policiais à casa onde estavam e morreram depois de provocar um tiroteio com os policiais que lhes davam a ordem de prisão. Com eles, as equipes do Cope apreenderam dois veículos com restrição de roubo/furto, sendo um Corolla e um HB20, duas armas de fogo, drogas e um caderno com anotações sobre a venda de drogas.

Segundo o delegado André David, do Cope, a ação ocorreu após as equipes receberem denúncias informando que dois indivíduos estariam vindo a Sergipe trazendo diversos materiais ilícitos, como armas de fogo, drogas e veículos roubados. “Em posse dessas informações, nossas equipes montaram uma barreira policial em Lagarto, momento em que a dupla, ao desobedecer à ordem de parada, reagiu deflagrando vários tiros contra os policiais”, disse. No confronto, Clerio e Mário foram alvejados e encaminhados ao Hospital Regional de Lagarto, onde não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito.

Ainda segundo o delegado, ambos possuíam passagem pela polícia. “Clerio era fugitivo do presídio Regional Senador Leite Neto (Preslen), localizado em Nossa Senhora da Glória, desde setembro de 2016; já Mário estava foragido da justiça do Estado do Mato Grosso, onde possui mandado de prisão em seu desfavor pelo crime de homicídio”, explicou. Ele acrescenta que Clerioestava sendo investigado desde novembro do ano passado, quando foi apontado como responsável por diversos roubos a veículos em Aracaju. “Esses veículos eram levados para fora do Estado e trocados por drogas que abasteciam a região metropolitana de Salvador, onde Clerio também residia; bem como abastecia ainda alguns municípios de Sergipe”, finalizou André.