Presidente do SEEB denuncia fechamento de agências de bancos públicos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/02/2017 às 00:22:00

A presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB), Ivânia Pereira, fez palestra ontem na Assembleia Legislativa de Sergipe para alertar sobre a grave situação dos bancos públicos em Sergipe e no Brasil, cuja política tem sido de reduzir os quadros e de fechar agências bancárias. O convite foi feito pela deputada estadual Ana Lúcia

Em sua palestra, Ivâniafalou sobre o sistema financeiro e bancário e denunciou que, somente em Sergipe, foram fechadas no último mês três agências da Caixa Econômica Federal e duas agências do Banco do Brasil foram transformadas em postos de atendimento, em Itabaiana e Moita Bonita.

Em todo o país, foram fechados mais de 20.500 postos de trabalho nos bancos brasileiros somente de janeiro a dezembro de 2016. Outra estratégia dos bancos é o estímulo à demissão voluntária e à aposentadoria. “O projeto de redução da Caixa Econômica Federal prevê o fechamento de 100 agências. Cerca de 10 mil funcionários do banco serão desligados”, lamentou.

A presidente do SEEB revelou uma forte contradição ante à política de redução dos bancos públicos: “Apesar do desempenho dos cinco maiores bancos do país no primeiro semestre de 2016, eles fecharam 13.6060 postos de trabalho”, problematizou, completando que os cinco maiores bancos lucraram 29,7 bilhões somente em 2016. “Não existe crise para o sistema financeiro. Os lucros dos bancos são cada vez maiores”, expôs.