Agora oposição declarada

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/02/2017 às 00:34:00

Rita Oliveira 

 

Agora oposição declarada

 

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) sempre foi uma parlamentar polêmica. Ainda no primeiro ano do governo Marcelo Déda comandou dentro da sua corrente Articulação de Esquerda, a elaboração de uma cartilha com várias críticas a gestão do governo Déda, que era o líder maior do seu partido. Cartilha essa que foi divulgada pela coluna, com exclusividade, e serviu como um prato cheio para a oposição liderada na época pelo deputado Venâncio Fonseca (PP).

Ainda no governo Déda, como representante do Sintese, Ana Lúcia comandou uma greve dos professores, que em um dos movimentos grevistas chegou até a fazer o enterro simbólico do governador petista. Por ironia do destino, tempos depois, Déda veio mesmo a falecer vítima de um câncer no pâncreas e a deputada marcou presença no velório e sepultamento. 

No governo Jackson Barreto (PMDB), um aliado do PT há cerca de 20 anos, Ana Lúcia também apoiou a greve dos professores. Apoiou ainda o acorrentamento dos educadores no palácio reivindicando aumento de salário. A parlamentar, como aliada, votou na Assembleia contra vários projetos polêmicos do governo JB.

Agora a deputada vai mais longe: defende que o PT rompa com o PMDB de Jackson Barreto, alegando descumprimento do programa defendido nas eleições, das alianças do Governo do Estado com setores conservadores – se referindo ao deputado federal Laércio Oliveira - e da forma como o governador tem tratado os servidores. Além do fato do partido de JB ser “golpista”, ao defender o impeachment de Dilma Rousseff.

A parlamentar admitiu, anteontem, que em 2018 não apoiará o PMDB de Jackson Barreto e nenhum outro partido “golpista”. Finalmente Ana Lúcia - que já não votou em Jackson Barreto para governador, pois os santinhos da sua campanha não tinha o nome dele - assume que é oposição ao governo.

Melhor assim, o que não dá é estar na base aliada do governo e ser oposição.

 .................................................................................

 

 

 

Privatização da Deso 1

 

Mesmo tendo maioria na Assembleia Legislativa, não vai ser fácil para o governador Jackson Barreto (PMDB) aprovar a privatização da Deso. As lideranças do PT em Sergipe já declararam ser contrárias a qualquer tipo de privatização, a exemplo dos ex-deputados federais Rogério Carvalho, presidente estadual do PT, e Márcio Macedo, secretário nacional de finanças do partido; dos deputados estaduais petistas Ana Lúcia e Francisco Gualberto, e do vereador Iran Barbosa.

 

Privatização da Deso 2

Ontem mesmo, Gualberto, que é o líder do governo na Assembleia, fez uma forte critica à tentativa de privatizações de órgãos públicos no Brasil durante palestra da presidente do Sindicato dos Bancários, Ivânia Pereira. “O projeto de desmonte do estado brasileiro é perverso e a sociedade precisa ficar atenta a isso. Se engana quem acha que se a iniciativa privada tomar conta de tudo, algo vai melhorar nesse país”, afirmou, enfatizando que nesta semana o presidente Temer mandou para o Congresso um projeto de lei propondo ajuda aos estados em crise econômica desde que aceitem não realizar concurso público, não conceder reajuste a servidor, aumentar a cota previdenciária estadual para 14%, e privatizar água, banco ou energia.

 

Privatização da Deso 3

Também ontem o vereador Iran Barbosa (PT) propôs a criação da Frente Parlamentar Contra a Privatização da Deso, na Câmara Municipal de Aracaju. A iniciativa foi formalizada através do Projeto de Resolução nº 5/2017. A Frente terá caráter suprapartidário e buscará reunir parlamentares que queiram se somar à luta em defesa da Deso como empresa pública e dos princípios definidos na Lei Orgânica para a Política Municipal de Saneamento.

 

Privatização da Deso 4

Para a deputada Ana Lúcia, a decisão do governo do Estado de privatizar a Deso significa tratar um setor estratégico para a qualidade de vida da população como mercadoria. “Uma coisa é fazer crítica aos erros, problemas e limites da Deso, outra coisa é entregar ao mercado um bem que vem da natureza e que é fundamental para a vida da população”, lamentou.

 

Privatização da Deso 5

Ontem, em discurso na Câmara Federal, o deputado Valadares Filho (PSB-SE) disse que caso ocorra à privatização da Deso será um grande equívoco que vai afetar toda a população de Sergipe. “Os argumentos para privatização das companhias de saneamento no Brasil são o agravamento da crise econômica e o endividamento dos estados. Entretanto, o suposto aporte de recursos para os cofres públicos com a venda da Deso será apenas a curto prazo, pois o Estado certamente terá que arcar com o fornecimento de água para as famílias hoje beneficiadas com a tarifa social”.

 

Convite internacional 1

O governador Jackson Barreto recebeu dois convites do grupo Celse, que vai construir na Barra dos Coqueiros a Termoelétrica Porto de Sergipe. Um é para ir a Coreia do Sul no final do ano para a cerimônia de batismo do navio de gás que virá para Sergipe e ficará ancorado por no mínimo 25 anos, com a finalidade de regaseificar o gás da termoelética. O navio, com previsão de chegada em Sergipe no final de 2018, terá capacidade de regaseificar até 21 milhões de m³ por dia.

 

Convite internacional 2

JB também foi convidado para participar, nos Estados Unidos, da cerimônia de entrega da turbina, que está sendo feita pela GE para a termoelétrica Porto de Sergipe. A previsão de chegada da turbina em Sergipe é início de 2018.

 

Queixa

O vereador Anderson de Tuca (PRTB) terá uma conversa com o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Vai se queixar do vereador Isac, do partido do prefeito, por ter votado na Câmara contra o projeto de empréstimo consignado para os servidores, evitando o desgaste político, enquanto os outros aliados votaram a favor. 

 

Antecipação de salário

Alguns prefeitos começaram a pagar ontem o salário dos servidores públicos referente a este mês de fevereiro, possibilitando que possam brincar o carnaval. Entre eles os prefeitos Valmir de Francisquinho (PR-Itabaiana), Gilson Andrade (PTC-Estância) e Silvany Sukita (PTN-Capela), Marcelo Moraes (PSD-Cumbe). O prefeito Júnior Macarrão (PSD- Santa Rosa de Lima) já pagou salário deste mês. Neste período de crise, com vários gestores pagando atrasado os salários, esses prefeitos estão dando exemplo.

 

Estatística

Dados da assessoria do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) mostram que até às 18h de ontem 3.700 servidores já tinham recebido o salário de dezembro via operação de crédito. Foram 1.715 adesões pelo Banese e 1.985 pela Caixa Econômica, o que representa mais de 30% do funcionalismo.

 

 

 

Veja essa...

 

Informações chegadas à coluna dão conta que chegou na Câmara Municipal projeto de lei propondo aumento da tarifa de ônibus para Aracaju. E que vereadores da base aliada do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) vão assinar um documento pedindo ao presidente Nitinho (PSD) que devolva o projeto, por não quererem debatê-lo nesse momento que a Câmara já sofre o desgaste por ter aprovado projeto de lei estabelecendo o empréstimo consignado para servidores receberem seus salários ainda de dezembro. 

 

 

 

CURTAS

 

Segundo uma fonte, o deputado federal Laércio Oliveira (SD) não esconde que sonha em ser candidato a governador em 2018. O parlamentar se respalda no fato de não ter um candidato natural na base do governo Jackson Barreto, como foi Marcelo Déda e o próprio JB em 2014.

 

O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), comemorou a aprovação do substitutivo do Senado para o projeto de lei que regulamenta o rateio da gorjeta cobrada por bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Ele, inclusive, encaminhou a votação a favor da proposta.

 

 

“Promover a preservação, melhorar a qualidade ambiental e priorizar a sustentabilidade”. Foi com esse discurso que o deputado federal Adelson Barreto (PR), utilizou a tribuna da Câmara ontem para parabenizar o Ibama, que completa 28 anos de atividades desenvolvendo ações para combater o tráfico de animais, reduzir o desmatamento e execução da Política Nacional de Meio Ambiente.

 

A Prefeitura de São Cristóvão está convocando os credores, com dívidas não saldadas em 2016, para comparecerem na Secretaria da Fazenda para renegociar suas pendências, nos termos que constam no art. 4º do decreto municipal de nº 208/2017 de 06 de janeiro deste ano. Os dias estabelecidos são 24 de fevereiro, 1, 2, 3 e 6 de março.

 

-------------------------------------------- 

Vem repercutindo em forma de chacota, nas redes sociais, foto do ex-secretário de Articulação Política de Nossa Senhora do Socorro, Luiz Paulo Panzuá, beijando os pés do ex-prefeito Fábio Henrique (PDT). O cidadão, que vem sendo chamado de bajulador e traíra, é o mesmo que, em uma mesa de bar, falou que Fábio Henrique e o seu então vice Kleverton Siqueira eram ladrões. Essa sua declaração, gravada em vídeo, também repercutiu muito nas redes sociais.