Serviço de Remoção do Samu realizou 120 transportes assistenciais no Carnaval

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/03/2017 às 00:13:00

Durante os seis dias de Carnaval, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) recebeu 3.174 ligações entre chamados para assistência pré-hospitalar, orientações médicas passadas por telefone, trotes e chamadas por engano. O volume representa cerca de 600 ligações a mais que o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 2.551 telefonemas.

Apesar disso, o número de ocorrências por causas externas que necessitaram de atendimento com viatura foi relativamente menor. Foram 46 vítimas de queda de moto neste ano (97 no ano passado), 41 de outros tipos de queda (68 em 2016), 31 colisões (no ano anterior foram 90), 23 pessoas com ferimento por arma de fogo e 14 por arma branca (32 e 16, respectivamente, em 2016) e quatro atropelamentos (17 no mesmo período do ano passado).

“As agressões físicas e os capotamentos não diminuíram. No primeiro caso, foram 34 registros este ano e 33 em 2016. Já no segundo, contabilizamos 11 atendimentos em 2017 e apenas seis no ano anterior”, informa a superintendente do Samu Sergipe, Maria Lúcia Santos.

Das demandas registradas, 16 foram atendidas pelas Motolâncias, 154 por Unidades de Suporte Avançado (USA) e 622 por Unidades de Suporte Avançado (USA).“É importante destacar que toda a Rede Hospitalar de Saúde estava organizada através do Plano de Contingência para atender as ocorrências de saúde, garantindo a cobertura assistencial. Diariamente, foi feito o monitoramento em tempo real dos pacientes regulados pela Central de Regulação das Urgências, tipo e caracterização dos atendimentos, destino dos pacientes, entre outros detalhes”, ressalta a superintendente.

O Samu 192 Sergipe conta com 36 bases descentralizadas distribuídas em pontos estratégicos de todo o Estado e que garantem a cobertura aos 75 municípios sergipanos. São 48 equipes assistenciais que preenchem os requisitos de qualificação do Ministério da Saúde. Durante o Carnaval, foi disponibilizada uma média de 32 Unidades de Suporte Básico (USB) e 11 Unidades de Suporte Avançado (USA).